Canção da vida de camarote

18/05/2011

Foto Fernando Vivas

Quando eu morrer
Eu não quero ir pro céu
Quero ir prum camarote
Quando eu morrer
Eu não quero ir pro céu
Quero ir prum camarote
(balançar o meu chicote).

Foto: Haroldo Abrantes

Vivo eu não entro,
eu não tô no poder,
Não sou gostoso,
nem ganho pra ver,
Não sou modelo,
Nem ator de tv.
Como é que eu entro?
Só se eu morrer.

(refrão)Quando eu morrer
Eu não quero ir pro céu
Quero ir prum camarote
Quando eu morrer
Eu não quero ir pro céu
Quero ir prum camarote
(balançar o meu chicote).

Num camarote não existe pobrema,
A vida lá é melhor que cinema:
Tudo de grátis com vista pro mar,
É só morrendo que eu vou freqüentar.

(refrão) Quando eu morrer
Eu não quero ir pro céu
Quero ir prum camarote
Quando eu morrer
Eu não quero ir pro céu
Quero ir prum camarote
(balançar o meu chicote).

É que esse ano já se divulgou
Deus vai descer.
Ele já confirmou.
Desce do céu, vem de elevador,
e eu preciso pedir ao senhor:

(refrão) Quando eu morrer
Eu não quero ir pro céu
Quero ir prum camarote
Quando eu morrer
Eu não quero ir pro céu
Quero ir prum camarote
(balançar o meu chicote).

Aninha Franco e Jarbas Bittencourt

Foto; Fernando Vivas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: