Faltam remédios em Salvador para pessoas com doença falciforme

21/08/2012

 

As pessoas com doença falciforme estão tendo dificuldade de acesso aos medicamentos essenciais  para manter o tratamento nas treze unidades de saúde de referência e em  todas as unidades de saúde da  capital baiana. As mães vão os locais indicados e não tem encontrado os medicamentos.

“É uma situação muito preocupante”, Não quero acreditar que a prefeitura esteja a praticar racismo institucional, na medida em que deixa desprotegida a população carente e negra desta cidade”, denunciou Marcos Antonio Almeida Sampaio, presidente do Conselho da Comunidade Negra de Salvador.

Ele afirmou que tem acompanhado o sofrimento de algumas mães e que tem pessoas em situação de crise  de anemia mais intensa necessitando de várias transfusões de urgência.

“As crises  podem variar de gravidade e de tipo conforme a idade da pessoa. Essa  situação afeta de forma mais perversa as crianças, por  estarem sujeito a mais infecções e dores com inchaço nas mãos e pés, pernas, braços e barriga. Em alguns doentes pode chegar ao  derrame cerebral com lesões graves e definitivas levando a morte”, explicou o conselheiro.

Ele informou também que o Conselho da Comunidade Negra encaminhou ofício à Secretaria de Saúde do município solicitando, em caráter de urgência, que sejam tomadas as medidas cabíveis para debelar o problema.

“Apelamos também ao Ministério Público para que contribua para que possamos evitar sofrimentos e mortes que poderiam ser evitadas com a garantia de fornecimento da medicação”, afirmou Marcos Antonio.

A anemia falciforme é a doença genética de maior incidência no Brasil, principalmente entre a população de origem negra. Dados da triagem neonatal mostram que no país nascem cerca de 3.500 crianças por ano com doença falciforme, sendo um bebê a cada 1.000 nascimentos. Salvador concentra o maior número de portadores da doença. A cada 650 bebês nascidos vivos na capital baiana, um tem doença falciforme, o que representa em média 65 crianças por ano.

 

Contato marcosfidel@bol.com.br

71 9907 7773 e 8719 2677

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: