Cachoeira Doc divulga seleção de filmes

01/11/2012

Em 2012, o CachoeiraDoc recebeu a inscrição de 249 filmes para participar da Mostra Competitiva: 167 curtas, 35 médias e 44 longas-metragem, de todas as regiões do país. Entre os 18 selecionados, sete são longas e 11 são curtas. Há filmes de quatro regiões do país: quatro são baianos, quatro pernambucanos, seis paulistas, dois são do Rio de Janeiro, um do Distrito Federal e um do Rio Grande do Sul.

O CachoeiraDoc acontecerá entre 04 e 09 de dezembro de 2012, no Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e em ruas da cidade de Cachoeira, no interior da Bahia. O Festival é realizado pelo Grupo de Estudos e Práticas em Documentário, Universidade Federal do Recôncavo e Ritos Produções, e tem apoio financeiro do Fundo de Cultura da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

Longas-metragem
– A cidade é uma só? (Adirley Queiros, Distrito Federal, 2012, 80″)
– Cuíca de Santo Amaro (Joel de Almeida e Josias Pires, Bahia, 2012, 74″)
– Domésticas (Gabriel Mascaro, Pernambuco, 2012, 76″)
– Ela Sonhou que eu Morri (Matias Mariani e Maíra Bühler, São Paulo, 2011, 75″)
– HU (Joana Traub Csekö e Pedro Urano, Rio de Janeiro, 2011, 75″)
– Tava (Ariel Ortega, Ernesto de Carvalho, Patricia Ferreira, Vincent Carelli, Pernambuco, 2012, 78″)
– Tokiori (Paulo Pastorelo, São Paulo, 2011, 106″)

Curtas-metragem
– A Anti-performance (Daniel Lisboa, Bahia, 2012, 11″)
– A Onda Traz, o Vento Leva (Gabriel Mascaro, Pernambuco, 2012, 28″)
– Boi fantasma (Rogério Nunes, São Paulo, 2012, 15″)
– Câmera escura (Marcelo Pedroso, Pernambuco, 2012, 23″)
– Cine camelô (Clarissa Knoll, São Paulo, 2011, 15″)
– Confete (Jo Serfaty e Mariana Kaufman, Rio de Janeiro, 2012, 15″)
– Dançando mas tô andando (Marcondes Dourado, Bahia, 2012, 15″)
– Desacerto (Eduardo Consonni e Rodrigo T. Marques, São Paulo, 2011, 17″)
– Desterro (Cláudio Marques e Marília Hughes, Bahia, 2012, 14″)
– Piove, il film di Pio (Thiago Mendonça, São Paulo, 2012,15″)
– Um Diálogo de Ballet (Filipe Matzembacher e Márcio Reolon, Rio Grande do Sul, 2012, 7″)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: