Cachoeira no circuito nacional do filme documentário

07/12/2012

cidade-cachoeira-bahia-11

Por Josias Pires

Espaço de exibição e debate de filmes, oficinas, conferências, o Cachoeira Doc insere esta bela cidade do Recôncavo no circuito nacional do documentário, retomando papel de destaque para a Bahia neste segmento cultural.  A Jornada de Cinema da Bahia foi criada no começo da década de 1970, sobretudo, por documentaristas. Ao lado da exibição e debate dos filmes havia um fórum de debates sobre políticas públicas para o curta metragem. Na Jornada foi criada a Associação Brasileira de Documentaristas (ABD). São dados que dizem de um papel de realce da Bahia na cena do documentário.

O Cachoeira Doc é um dos poucos festivais feitos no Brasil dedicados exclusivamente ao gênero documental. É uma iniciativa pioneira, generosa, afetiva, cuidadosa na curadoria – feita por professores e estudantes de cinema – que tende a, cada vez mais, atrair o público local e a tornar-se referência deste tipo de cinema feito na Bahia. É um privilégio termos a oportunidade de apreciar anualmente um painel na Bahia – ainda que incompleto, claro – do documentário feito neste momento no Brasil.

Imagino que só viria enriquecer o evento se pudessemos  fazer no Cachoeira Doc um fórum de debates que explicitem, agreguem e organizem as nossas demandas coletivas, particularmente dos documentaristas e curta metragistas. Ao lado de ver e debater filmes, junto com a dimensão estética – fundamental – , devemos, acredito, agregar a dimensão política neste movimento de criar melhores condições estruturais para a garantia da produção / difusão regular de cinema e audiovisual no estado.

Debates, inclusive, que deveriam ocorrer não apenas no Cachoeira Doc mas em todos os festivais de cinema realizados no estado. A Bahia tem atualmente uma cena vigorosa na música e no teatro, sobretudo. No cinema surge uma nova geração criativa. Há um evidente esforço produtivo,  porém temos tido dificuldades gigantescas para a distribuição e exibição. Podemos avançar rompendo a incapacidade para a convivência criativa, superando fraturas expostas, gerando ambientes fraternos indispensáveis para a ação coletiva a fim de nos restituirmos das possibilidades de transformação.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: