Candidatos ao governo da Bahia nas primeiras pesquisas

20/07/2013
A presidenta Dilma seria reeleita se a votação fosse hoje

A presidenta Dilma seria reeleita se a votação fosse hoje

Duas pesquisas eleitorais divulgadas nas duas últimas semana oferecem um primeiro retrato da posição de postulantes ao governo do estado. A última, do Instituto Bahia Pesquisa e Estatística (Babesp) divulgada nesta sexta-feira no site Bahia Notícias entrevistou 1.203 eleitores de 70 municípios baianos, entre os dias 8 e 17 de julho. Os dados apontam para um número expressivo de indecisos tanto em âmbito nacional quanto local (quase 90%), prevê reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) e vantagem, na Bahia, para qualquer candidato do DEM, seja Paulo Souto ou ACM Neto, único que supera o item “não sabe”.

Apesar da grande quantidade de indecisos e do tempo que ainda falta para o pleito eleitoral, vale a pena passar os olhos nos resultados. Na pesquisa espontânea sobre a disputa pelo governo da Bahia – quando não são apresentados os nomes dos candidatos – aparece a liderança de Wagner, à frente dos demais com 5,4%, seguido de ACM Neto (DEM) – que se diz não-candidato –, com 2,9%, e Paulo Souto (DEM), com apenas 0,5%. Onze nomes foram lembrados pelos eleitores mas o do pré-candidato Rui Costa (PT) não é citado. Ou seja, Wagner lidera. Quando ele anunciar o seu candidato isto terá que peso na escolha dos eleitores?

No caso da pesquisa estimulada, os pesquisadores sugeriram aos entrevistados seis cenários de chapas de candidatos a governador. Em todos eles os candidatos do DEM estão à frente, seja Neto, seja Paulo Souto. Em segundo lugar, invariavelmente, está o sempre candidato Gedel Vieira Lima (PMDB); e, logo abaixo, a senadora Lídice da Mata, a melhor performance em todos os cenários entre os candidatas da base do governo estadual.

As pesquisas e as movimentações políticas indicam tendências de crescimento do DEM e de uma fragmentação das forças da base do governo. Lídice da Mata desponta como a mais competitiva entre os candidatos da base. No PT o nome que melhor aparece é o de Walter Pinheiro – observadores próximos da geografia do poder duvidam que o PT aceite ser vice de Lídice, a qual está disposta a levar a cabo a sua candidatura, embalada nos movimentos de Eduardo Campos e na sua própria estratégia política.

Até porque se ficar confirmada a candidatura presidencial de Eduardo Campos, que aparece em baixa pontuação na mesma pesquisa do Bapesp, o cenário eleitoral ficará ainda mais diversificado. A pesquisa confirmou que a presidenta Dilma lidera com 44,9%, bem à frente da segunda colocada, Marina Silva (sem partido), com 14%. Aécio Neves (PSDB) somou 7,5% das indicações; o ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa – que nega candidatura –, 4,9% e Eduardo Campos (PSB), 1,5%. Quarenta pessoas (3,3%) disseram que votariam nulo e o número de indecisos chegou a 23,9%.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: