Dinheiro teria sido fator decisivo para Paulo Souto mudar de ideia

11/04/2014

Por Josias Pires

Observadores da cena política baiana acreditam que o fator decisivo para Paulo Souto mudar de ideia e voltar a postular sua candidatura ao governo estadual teria sido a oferta vultosa de recursos para a campanha vinda de ricos empresários. Um tanto cansados de gerir seus interesses por meio de um governo de meia esquerda, o alto empresariado – ou pelo menos, setores dele – estaria apostando firme num representante direto, ex-governador testado, para sempre articulado com a engrenagem capitalista.

A oposição tentará repetir ao nível da eleição estadual o fenômeno soteropolitano de aproveitar-se e fomentar a rejeição ao PT, que levou à vitória de Neto. Quem dispõe de pesquisas minuciosas podem inferir que a rejeição ao petismo baiano tem potencial de crescimento – resta saber se esse crescimento será capaz de superar a maioria que elegeu o PT nas duas últimas campanhas. O esquema de Neto-Souto-Geddel e o arco empresarial que o apoia acredita que sim e, evidentemente, usará a campanha televisiva para ganhar os eleitores.

Como sabemos, o uso do tempo no horário eleitoral da tevê é decisivo na eleição – vide o que ocorreu com o ex-prefeito João Henrique (2008), que entrou na segunda disputa com índices de rejeição altíssimos e, embalado pela grana e propaganda de Geddel/governo federal, ganhou a eleição em Salvador para fazer um dos governos mais desastrosos da história da cidade. Embalado agora por milhões injetados diretamente pelo “mercado” este mesmo esquema pretende desbancar o petismo wagneriano.

E o PT – e seus aliados de todos os lados – será capaz de resistir à impetuosidade do esquema adversário e provar para os baianos que seu governo merece continuar positivo e operante? Evidentemente que o poder da máquina governamental – para além do PT – terá o papel de tentar desequilibrar a força adversária. Para a eleição de Wagner em 2006 (contra Paulo Souto) quem teve papel decisivo foi Luís Inácio Lula da Silva e foi o governo federal fiador indispensável para a sua reeleição. Até agora a eleição de Dilma parece assegurada. Isto também ajuda – e muito – o candidato petista Rui Costa.

O governador Wagner pediu, por meio da imprensa, que a oposição venha debater projetos. Até hoje os eleitores decidem levando em conta interesses mais comezinhos. A nossa educação política ainda não alcançou o debate consistente de projetos de governo e de Estado. A Bahia tem uma carência profunda, fatal, de projetos consistentes. O projeto que prevaleceu aqui nos últimos 50 anos foi o da mercantilização da vida baiana em praticamente todos os setores e relações sociais. Neste sentido, somos hoje plenamente capitalistas, mesmo que vivamos em um capitalismo profundamente desigual e medíocre. Por isso é salutar o alerta do governador para o debate de projetos. É o que todos nós esperamos. Que o PT apresente o seu projeto; e que as oposições apresentem os seus projetos. E que tenhamos capacidade política de separar o joio do trigo. Ilusão?

Sabemos todos nós que o PT tornou-se o gestor do capitalismo local, tentando – e muitas vezes logrando êxito – instaurar o investimento social, buscando reverter a tremenda desigualdade brasileira. Contudo, se é verdade que a economia dos últimos dez anos mexeu para melhor na vida de 80% dos brasileiros – e isto será decisivo para a reeleição de Dilma – contudo carecemos de um projeto de nação alternativo ao do capitalismo/ dos capitalistas. Isto é óbvio. É inaceitável os valores hegemônicos do consumismo e do mercadismo obsceno prevalecerem entre nós sem que os seus prejuízos sejam denunciados, combatidos e suprimidos. Afinal, são os valores hegemônicos que nos legaram esta sociedade violenta, hipócrita, egoísta, narcísica. O sonho de transformá-la acabou?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: