Posts Tagged ‘copa 2014’

Dossiê reúne impactos e violações de direitos no caminho dos megaeventos esportivos no Brasil

13/12/2011

Da Rede Nacional de Jornalistas Populares

Dossiê reúne impactos e violações de direitos no caminho para aos megaeventos esportivos no Brasil

Documento produzido coletivamente pelos Comitês Populares da Copa será entregue aos governos e às prefeituras das 12 cidades sede da Copa, além de órgãos municipais, estaduais, federais e internacionais.

Foi lançado ontem (12/12) simultaneamente nas 12 cidades-sede da Copa, o Dossiê da Articulação Nacional dos Comitês Populares da Copa – Megaeventos e Violações de Direitos Humanos no Brasil , documento que reúne casos de impactos e violações de direitos humanos nas obras e transformações urbanas empreendidas para a Copa do Mundo e as Olimpíadas no Brasil.

Continue lendo »

Megaeventos e cidadania: instrumentos jurídicos para o controle social

30/11/2011

A Faculdade de Arquitetura da UFBA sedia nesta 5a. feira (01) o debate organizado pelo Observatório da Copa Salvador 2014, com a colaboração da Comissão de Direitos Humanos da OAB-BA, sobre o tema “Megaventos e cidadania: instrumentos jurídicos para o controle social”.

Continue lendo »

Copa, controle social e revolução democrática

25/11/2011

Por Josias Pires

Os sucessivos acontecimentos no Egito e noutros países da Primavera Árabe apontam para a sede de democracia, liberdade e vida melhor que mobiliza milhões de cidadãos e constitue-se em exemplos virtuosos do poder das mobilizações de massas organizadas. No caso do Brasil, que superamos a ditadura militar há 26 anos, urge o aprofundamento da democracia e a construção de uma sociedade inclusiva. Continue lendo »

A ONU em Salvador: Copa e Direitos Humanos

25/11/2011

Construir um Protocolo dos movimentos sociais com os poderes públicos, com proposições sobre o que se espera de legado da Copa e que deve ser encampado por todos. Este foi o principal desdobramento da audiência pública, realizada hoje (26) pela manhã com a urbanista Raquel Rolnik, consultora da ONU, que veio relatar as relatar as relações entre Copa e Direitos Humanos em Salvador. Participaram da audiência pública organizações sociais articuladas pelo Comitê Popular da Copa.

Continue lendo »

Copa 2014: Relatora da ONU vem a Salvador para audiência com organizações populares

24/11/2011
Copa do Mundo e Direitos Humanos: o silêncio que precede a exclusão! Focado nesta temática, o Comitê Popular da Copa 2014 na Bahia promoverá uma audiência pública que contará com a presença da urbanista Raquel Rolnik, relatora especial da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Direito à Moradia Adequada, na próxima sexta-feira, 25 de novembro, às 8h30, no auditório da Biblioteca Pública dos Barris, em Salvador. Entrada gratuita. Continue lendo »

A Orla de Salvador entre o sonho e a realidade

06/07/2011
Do Observatório da Copa Salvador 2014 
Por Daniel J. Mellado Paz
Ali era o primitivo Morro do Cristo; abaixo, uma praia de banhos. O que fizemos com esse lugar?

Em Salvador a história tende a se repetir. E desde a primeira vez como farsa. Uma dessas repetições acontece em grandes obras públicas, num dueto entre o Poder Público e a imprensa, revelada pela leitura dos jornais ao longo das décadas. A Copa do Mundo em Salvador tem dado margens a uma nova repetição em linhas gerais, quando não em detalhes. O litoral atlântico da cidade pode ilustrar essa farsa.

Continue lendo »

Entrevista com Naia Alban Suarez

11/06/2011
Naia Alban Suarez
Entrevista concedida a Leandro Cruz e Piero Carapiá, do Observatório da Copa Salvador 2014

Considerando que você morou na Espanha na passagem dos anos 1980-90, poderia fazer uma avaliação da experiência das Olimpíadas de Barcelona, inclusive sobre o que ela deixou como “legado” para a cidade?

Naia Alban [ NA ]: Na verdade não estive na Espanha durante as Olimpíadas de Barcelona, pois retornei ao Brasil em 1991. No entanto, vivenciei esse momento de preparação e estruturação das Olimpíadas. É curioso lembrar que na Espanha, em 1992, não aconteceram apenas as Olimpíadas em Barcelona (julho/agosto), mas  também a Exposição Universal de Sevilha (abril/outubro). A simultaneidade destes dois eventos ficou marcada em minha memória na fala de Paolo Portoghesi, em uma de suas conferências que assisti, quando ele enfatizava que a Itália jamais teria o fôlego da Espanha para arcar com dois eventos deste porte em um mesmo ano. Porém, somente Barcelona passou a ser uma referência mundial de como um grande evento é capaz de gerar dinâmicas e infraestruturas urbanas para toda a cidade – o que demonstra uma intencionalidade de seus técnicos, políticos e cidadãos.

Continue lendo »

Barcelona y El ’92: Animus e Regras

31/05/2011

Ânimos e Regras. Fragmento de cartaz da Festa de La Mercé 92 e esquema das operações urbanísticas de Barcelona 92

Por Xico Costa, do Observatório da Copa Salvador 2014 / FAAUFBA

Vista de forma esquemática, as operações olímpicas que estruturam a cidade de Barcelona são quatro: a Vila Olímpica, que veio ocupar uma parcela decadente e doentia do tecido urbano da cidade; o Anel Olímpico, que recupera para a cidade o parque urbano da montanha de Montjuich; a zona da Diagonal, que aproveita equipamentos esportivos existentes, como o estádio do Futebol Club Barcelona; e o Vale d’Ebron, que estende as operações urbanísticas aos limites de uma das áreas periféricas com mais demanda de infra-estrutura. Aproximando – ou articulando – estas áreas, uma infra-estrutura viária impressionante formada pela Ronda de d’Alt, que aparece hoje muito mais como uma grande costura de 40 km de vias e viadutos acompanhados de um impressionante legado de galerias técnicas. Esta costura, que articula bairros antes periféricos, também destrói em nome de uma cidade que se quer grande e competitiva; quer ser a capital do Mediterrâneo. Esta costura é, para alguns, a melhor obra arquitetônica de Barcelona 92.

Continue lendo »

O deasfio da mobilidade urbana

29/05/2011

Foto de Armando Branco

Por Armando Branco, do Observatório da Copa Salvador 2014

Estudos da Prefeitura Municipal de Salvador (PDDU/2004) para o ano 2013 fundamentaram que 34,66% da renda produzida no município/cidade estarão concentrados na Região Administrativa Pituba (RA), que abriga cerca de 5% da população. Se considerarmos todas as demais RA´s ao longo da faixa atlântica, a concentração desta renda atingirá espantosamente 74%, evidenciando onde a pobreza está territorializada e, conseqüentemente, dependente do transporte público. A população com poder aquisitivo elevado que deverá apropriar esta renda é da ordem de 24,5%. Daí que os restantes 26% do total da renda serão distribuídos com a maioria, ou seja, nos 75,5% da população.

Continue lendo »

Salvador sofre de indigência política

23/05/2011

Em entrevista exclusiva ao Bahia na Rede, o cientista político Paulo Fábio Dantas Neto, professor da Universidade Federal da Bahia, analisa o momento político de Salvador à luz da sua história recente e nos ajuda a entender a dimensão do caos político, administrativo e urbano em que estamos mergulhados.

Bahia na Rede: Como você vê o atual momento político de Salvador?

Continue lendo »

Grandes obras versus direitos sociais

16/05/2011

Buraco do metrô (SP), foto: osarrafo.com.br


As grandes obras de infraestrutura em curso no Brasil devem beneficiar as comunidades e não trazer prejuízos a elas. A avaliação é da ministra da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, Maria do Rosário, ao comentar o relatório da Anistia Internacional que constatou que algumas comunidades estão enfrentando ameaças de despejo por causa dos projetos de infraestrutura planejados para a Copa do Mundo e as Olimpíadas.
Continue lendo »

Salvador e a Copa 2014: 3 pontos para o debate

04/05/2011

Implosão da Fonte Nova, Salvador

Por Antônio Heliodório Lima Sampaio, do Observatório da Copa Salvador 2014

A Copa será vista em 03 vertentes: 1. Copa como mito (dimensão lúdica); 2. Copa como negócio (dimensão comercial) e 3. Copa como legado (dimensão política). Claro, os cinco títulos conquistados alimentam a dimensão simbólica que o futebol tem para o brasileiro, encobrindo podres da economia e da política que movem o negócio-futebol.

Continue lendo »

É preciso tirar os automóveis das ruas

02/05/2011

Veículo leve sobre trilho em Recife

Por Gilmar Santiago (PT), vereador de Salvador, presidente da Comissão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente da Câmara Municipal.

Decisão relevante para o futuro de Salvador está sendo tomada nestes dias: qual será o sistema de transportes a ser implantado que atenda às demandas de aumento do fluxo de passageiros provocada pela Copa 2014; e, simultaneamente, ajude a resolver os graves problemas de mobilidade urbana, que vivemos neste momento, e que serão ampliados nas próximas décadas.

Continue lendo »

Do futebol à praia: é doce morrer no mar

01/05/2011

Área da piscina, hoje aterrada, do antigo Clube Português na Pituba.

Por Márcio Correia Campos, do Observatório da Copa Salvador 2014

Em meio aos preparativos para a Copa do Mundo de 2014, aquilo que parece ser incapacidade de planejamento ou simplesmente má vontade age para a perpetuação do status quo, tornando recorrente certa noção de uma pobreza básica e necessária como mote social: por ela, capacidade no esporte, como na música, continua sendo tratado em geral no Brasil como algo de origem natural. Na Bahia esta atitude é essencial: outra razão não pode haver para a recente e ostensiva falta de importância dada à infra-estrutura para a natação.

Continue lendo »

Falta de planejamento inviabiliza soluções

30/04/2011

Foto: Suzana Vier/Rede Brasil Atual

A inexistência de planejamento urbano de natureza pública, os projetos para a Copa 2014 e os problemas de mobilidade de Salvador e região metropolitana foram os temas que dominaram os debates na Audiência Pública realizada ontem (29) pela Comissão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente da Câmara Municipal de Salvador.

Continue lendo »

Barcelona 1992, Salvador 2014

27/04/2011

O Oservatório da Copa Salvador 2014 promove mais uma mesa redonda para debater as políticas públicas de Salvador visando a realização do evento esportivo na cidade em 2014. Desta vez o evento terá como tema ” BARCELONA 1992, SALVADOR 2014″.

Continue lendo »

Uma oportunidade perdida

15/04/2011

Por Nivaldo Vieira de Andrade Junior

É comum em todo o mundo que grandes eventos efêmeros se transformem em oportunidades para a promoção de ações estruturantes no território urbano, como é o caso das exposições universais, das Copas do Mundo e das Olimpíadas. Entretanto, para que os recursos investidos não se limitem a atender o público atraído por algumas semanas para acompanhar esses eventos, é necessário planejar as ações a serem empreendidas, de modo a articulá-las e garantir que a qualificação dos espaços públicos e dos equipamentos urbanos da cidade-sede, assim como a ampliação de sua infraestrutura, atenda toda a sua população por um longo período.

Continue lendo »

Bicicletas e outras acrobacias do futebol

10/04/2011

Por Haroldo Abrantes

As chuvas de outono chegaram e Aurélio não pôde ir para o trabalho em sua bicicleta, nem Rina para a escola em sua magrela.  Eles tiveram de pegar o velho e nada bom buzu e enfrentar os engarrafamentos que ficam piores nos dias de chuva.

Continue lendo »