Posts Tagged ‘Salvador’

9a. Mostra de Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul, Sala Walter da Silveira 18 a 23/11

17/11/2014

Lucia Murat

Salvador sedia a partir desta terça-feira (18) uma mostra de mais de 30 filmes reunidos pelo tema dos direitos humanos. Oportunidade rara para ver e refletir sobre a nossa história recente. O evento ocorrerá na Sala Walter da Silveira, o primeiro filme “Que bom te ver viva”, de Lúcia Murat (1989, 95′), será exibido às 19h, entrada franca. Com filmes de vários países da América Latina, que participam de uma Mostra Competitiva; haverá também a Mostra Memória e Verdade, que terá sessões seguidas de debates; e a Mostra Lúcia Murat, com a exibição de cinco filmes desta diretora que mergulha em profundidade no período mais duro da repressão militar no Brasil e, ao mesmo tempo, quando explode a contracultura no mundo (Josias Pires).

Veja aqui a programação completa: Continue lendo »

Desmandos continuam na prefeitura de Salvador

14/07/2013

Por Josias Pires

Órgãos estão sendo usados como aparelho eleitoral

Órgãos estão sendo usados como aparelho eleitoral

O ex-prefeito João Henrique Carneiro deveria estar preso trancafiado numa prisão de segurança máxima dado ser um sujeito de alta periculosidade, que produziu desmandos de toda ordem nos cofres da prefeitura de Salvador. Mas nada. Tornar-se-á radialista, já está testando o formato de um programa de rádio que pretende levar ao ar nos próximos dias. É contra exemplos tão radiosos quanto este que milhões de brasileiros foram às ruas protestar.

A cara de pau deste JH é de dar raiva. A atual gestão descobriu outro dia que o ex-prefeito fez repasses mensais milionários para uma prestadora de serviços de saúde que simplesmente não existe! E não acontece nada! O Ministério Público, o novo gestor, os vereadores de oposição, a imprensa, todos recebem uma informação desta espécie e passa como se nada de mais tivesse acontecido. Provavelmente estamos todos anestesiados com as doses cavalares de maldades a que somos submetidos todos os dias… Continue lendo »

Movimento Passe Livre em Salvador define pauta

21/06/2013

IMAGEM_NOTICIA_5

Em reunião realizada na tarde desta sexta-feira (21), integrantes do Movimento Passe Livre, em Salvador, aprovaram uma pauta de questões consideradas prioritárias, a maioria delas relacionada às questões da mobilidade urbana. Integrantes do movimento também manifestaram-se em favor do adiamento do ato de rua que estava previsto para ser realizado neste sábado.

“Eis a lista de encaminhamentos feitos em plenária (sem nenhuma ordem especial de importância):

1. O Passe Livre é pauta prioritária do movimento
2. Assegurar Passe Livre para estudantes e desempregados
3. Auditoria das contas do metrô
4. Auditoria das contas “caixa-preta” do SETPS
5. Reativação do Conselho Municipal de Transporte
6. Estabelecer o Conselho da Cidade com caráter deliberativo
7. Lutar contra a privatização da Estação da Lapa
8. Lutar pela municipalização do transporte
9. Lutar pela estatização das empresas de transporte
10. Assegurar transporte 24 horas
11. Lutar por uma melhor política de mobilidade urbana
12. Implantação de ciclovias em toda a cidade
13. Lutar pela Tarifa Zero
14. Auditoria dos gastos da Copa
15. 10% do PIB para educação pública, gratuita, e de qualidade.
16. Anulação da PEC 37
17. Lutar contra a criminalização dos movimentos sociais
18. 100% do Pré-sal e da Petrobrás para financiamento estatal
19. Aumento em mais de 100% nos alimentos de Cesta básica.
20. O repúdio do movimento à mídia golpista, que busca manipular o movimento
21. O movimento se articulará com as pautas das manifestações que estão ocorrendo nacionalmente
22. Fazer uma carta aberta com as pautas do movimento
23. Mobilizar de forma criativa, dialogar com grupos artísticos
24. Convocar demais movimentos sociais para compor as manifestações”

O evento é definitivamente APARTIDÁRIO e sem líderes. Busquemos sempre o consenso!”

20 de Brumário: pra onde vai esse barco?

21/06/2013

Por Paulo Costa Lima

Se de um lado o coração se enche de esperança com todos os jovens que recriaram a sacralidade do coletivo Brasil, por outro, paira uma incômoda sensação de manipulação midiática e usurpação da causa.

Sonhar e sonhar e sonhar, dizia Gonzaguinha, mas com os pés no chão e boas propostas. Pois então, tudo depende do que vai acontecer nesse tempo de reviramento entre a manifestação de 200 pessoas na Cinelândia, e os milhões que a partir de hoje lotam as praças de todo o País?

Estive na manifestação em Salvador, e vibrei com a mobilização. Vi muitos cartazes com frases bonitas, e cada jovem com o seu,a grande maioria em espírito de paz e de participação. Mas, pra onde vai esse barco? Continue lendo »

Realidade impõe-se à fantasia: Saramandaia Existe!

19/06/2013

O Bairro de Saramandaia, constituído a partir dos anos 70 em Salvador, reúne hoje cerca de 12 mil habitantes em área central e valorizada (vizinha da Rodoviária e do DETRAN). Dois grandes projetos em andamento afetam diretamente essa área: o projeto da Linha Viva, via expressa pedagiada que, a ser implementada em seu atual projeto, resultará na remoção de cerca de 3000 pessoas que ali vivem há décadas. O outro projeto, o da Linha 2 do Metrô, ao oferecer a Rodoviária como contrapartida para a PPP, tem impacto negativo na geração de renda de inúmeros moradores do bairro, além de abrir outra frente imobiliária altamente especulativa em terra pública do Estado da Bahia.

Saramandaia existe. O bairro não pode continuar na invisibilidade das políticas públicas. Seus moradores têm de ser respeitados e tratados como cidadãos soteropolitanos. Seu apoio é fundamental. Tire uma foto com um cartaz Saramandaia Existe. Registre uma mensagem. Grave um depoimento. Envie para saramandaiaexiste@gmail.com

Essa é uma ação do Plano de Bairro Saramandaia, desenvolvido pelo grupo de pesquisa Lugar Comum/PPGAU-FAUFBA, junto com a Rede de Associações de Saramandaia, com apoio do PROEXT/2012.

As mãos (sujas) sobre a cidade

11/05/2013

lemanisullacitta

Por Biaggio Talento em Observatório da Imprensa

A cidade está se expandindo para um lado, mas é preciso mudar em direção contrária, de forma a beneficiar as terras de determinado grupo econômico, o que vai valorizar os empreendimentos desse segmento em 5 mil por cento. Como fazer isso? Modificando, se preciso, o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano, corrompendo algumas autoridades. Essa, grosso modo, é a introdução do filme As mãos sobre a cidade. Descreve uma má intenção de empresários predatórios que servirá de mote ao longo da trama. Realizado pelo cineasta Francesco Rosi em 1963, o filme está fazendo 50 anos e ainda hoje é exibido em fóruns de urbanismo e arquitetura pela sua atualidade. Continue lendo »

Manifestantes pró Quilombo do Rio dos Macacos ocupam prédio da AGU

06/03/2013

Cerca de 400 manifestantes ocuparam nesta manhã de quarta-fera(6) o prédio da Advocacia Geral da União, na Avenida Paralela, em Salvador. Não há reféns, mas os manifestantes exigem a apresentação do Relatório Técnico de Identificação e Delimitação da área do Quilombo do Rio dos Macacos. Querem também a abertura de canais de negociação com o governo federal e pretendem permanecer no prédio até que sejam atendidos pelo procurador da AGU, Maximiliano Torres.

Depoimento: Agressão/lesão corporal no interior da Escola Técnica Federal (depois Cefet e atual IFBA

19/01/2013

DSC00082

Por Ramón Lacerda

Olá, equipe do Bahia na Rede.
Queria contar um caso que aconteceu comigo na última quinta-feira, dentro das instalações do IFBA – Instituto Federal da Bahia, no campus Salvador, localizado no Barbalho.

Sou um aluno da instituição e estou cursando eletrotécnica, em nível técnico integrado, tenho dezessete anos e, além disso, participo de vários movimentos sociais contra alguns tipos de agressão e estagio no Tribunal Regional do Trabalho, 5ª Região.

Descritivamente, eu estava na PRAÇA VERMELHA, que é uma praça localizada dentro da instituição, onde os alunos geralmente passam o intervalo, que é MUITÍSSIMO movimentada ( e, estava no local que chamamos de “Aranha”), conversando sobre a minha aprovação para a segunda fase da UFBA com três colegas e, de repente, fui atingido por uma pedra de tamanho considerável no rosto (mais especificamente, na parte final da sombrancelha, cerca de 3cm de distância do olho direito). Sim, uma pedra. E sim, no rosto, numa área bem sensível, perto dos olhos.

O lesador (André Nascimento, 18 anos) foi um aluno do curso técnico de mecânica, na modalidade integrada, que SUPOSTAMENTE estava brincando de lançar pedras com os colegas da turma, nesta Praça Vermelha, que é uma brincadeira bem pesada pelo visto, já que atingiu uma pessoa (no caso, EU) que não tinha nada a ver com a “BRINCADEIRA” e que acabou lesionando de forma grave (VIDE FOTO) a região próxima a ocular no meu rosto. Continue lendo »

CRAS de Salvador podem parar nos próximos dias

14/01/2013

CRAS

Por Josias Pires

Servidores terceirizados da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza – assistentes sociais e psicólogos – que atuam nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) – trabalharam com aviso prévio até nesta segunda-feira (15). A empresa terceirizada – Dominun, ex-Cetro – que contrata este pessoal já os dispensou e os serviços correm o risco de ficarem parados nos próximos dias.

Ao invés de contratar as pessoas que foram aprovadas no concurso público municipal realizado em 2011, a prefeitura preferiu, nos últimos oito anos, a contratar empresas terceirizadas, que mudam de nome como se muda de camisa. O Ministério Público precisa chegar junto e cobrar o cumprimento da lei. E o novo governo de Salvador tem que intervir firme nesta falta de vergonha que se tornou a prestação de serviços sociais para as famílias mais pobres da cidade, que são obrigadas a viverem de Bolsa Família e outros benefícios do governo federal.

A rádio pião informa que a Cetro, hoje Dominun, pertence a parentes da ex-primeira dama Maria Luiza. Hoje existe uma indústria de empresas fornecedoras de mão de obra para todo tipo de serviço que a prefeitura precisa. A rádio pião informa também que a mesma Dominun, com outro nome, irá assumir o pessoal em caráter temporário, até que a prefeitura faça nova licitação e mantenha o pessoal terceirizado. É um descalabro. Continue lendo »

Tiroteio no quilombo Rio dos Macacos

19/12/2012

A porta de uma casa foi arrombada e outra casa foi alvejada com vários tiros, espaçados pelo período de quase duas horas, na noite de terça-feira passada (18), no Quilombo Rio dos Macacos, município de Simões Filho,  área vizinha ao município de Salvador. Os atiradores não puderam ser identificados, pois o local não tem luz elétrica e estava totalmente às escuras.

Acionada pelos quilombolas, a Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados enviou nesta quarta-feira (19) um observador ao local para ouvir os agricultores. Para ter acesso à área, o representante da Comissão foi levado à Base Naval de Aratu, distante seis quilômetros do local do conflito. Enquanto isso, a Marinha mandou duas pessoas, com gravadores, ouvir as versões dos moradores. Só depois deste fato é que liberou o acesso ao local ao observador da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal.

Continue lendo »

Cipó lança “Ao pé do Caboclo” no Terreiro de Jesus nesta quinta

26/11/2012

Na próxima quinta-feira (29) a Cipó – Comunicação Interativa  lançará a Coletânea “Dois de Julho: a Independência do Brasil na Bahia”  composta por sítio eletrônico e DVD-ROM que reúnem: textos ilustrados, vídeos, animações, galerias de fotos e guia do educador.
No período de 1 a 11 de dezembro de 2012 a Cipó realizará Oficinas para Educadores, quando  disponibilizará cópias do DVD-ROM. Os interessados devem se inscrever por e-mail ou fone que constam no convite acima.

CIPÓ – Comunicação Interativa é uma organização séria, lúdica e afetiva. Contribui efetivamente com promoção de direitos de crianças, adolescentes e jovens, e, hoje, atingiu maturidade político institucional, sendo reconhecido publicamente por lutar pelo direito à educação de qualidade e à comunicação e pela garantia dos direitos de crianças, adolescentes e jovens.

A Cipó atua diretamente em comunidades populares, materializando o conceito de comunicação para o desenvolvimento. E investe fortemente em incidência política, entendendo que lutar por políticas públicas para crianças, adolescentes e jovens é tão importante quanto formá-los diretamente. E mais importante: a Cipó faz  tudo isso com uma rede consolidada de parceiros conquistados na área social, empresarial e governamental.

Vários foram os projetos já realizados por jovens através da Cipó, todos eles voltados para a pesquisa, formaçao e afirmaçao de manifestações populares da cultura que distinguem a Cidade da Bahia de Todos os Santos.

Quem é a McKinsey contratada por ACM Neto?

08/11/2012

Por Pedro Caribé

Aos desavisados, a McKinsey é a consultoria contratada “gratuitamente” por ACM Neto para elaborar um estudo da reforma administrativa da cidade do Salvador. A McKinsey foi a consultoria responsável por elaborar a reforma nas comunicações brasileiras na década de 1990. Encomendada pelo FMI e Banco Mundial, e em consonância com a Rodada do Uruguai e a posterior criação da OMC, a reforma vendeu a Telebrás, e a partir disso surgiram denúncias de corrupção colocadas para debaixo do tapete, num negócio considerado pela nascente pela OMC como o mais promissor do mundo naquele momento. A reforma elaborada pela McKinsey também criou o monstrengo Lei Geral de Telecomunicações (LGT) e Anatel, a agência mais capturada pelo poder privado no País. Nem precisa dizer a qualidade e os preços dos serviços de telecomunicações no Brasil, né?! Continue lendo »

Cuíca de Santo Amaro na abertura do Cine Futuro, dia 09 de novembro

01/11/2012

 

O filme documentário Cuíca de Santo Amaro será lançado em Salvador no proximo dia 09 de novembro (sexta-feira), na abertura do Cine Futuro – VIII Seminário Internacional de Cinema e Audiovisual, no Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha. Serão realizadas duas sessões do filme, às 20h e 21h30min. Antes disso, às 18h30min haverá o lançamento de um livro com vinte folhetos de autoria do poeta popular Cuíca de Santo Amaro, selecionados a partir das pesquisas realizadas para a produção do filme. O livro foi patrocinado pela Fundação Pedro Calmon. Além dos folhetos de Cuíca há um texto de Orígenes Lessa, que descreve o encontro, na porta do Elevador Lacerda, do escritor paulista com o vate baiano.

No próximo mês de fevereiro Cuíca de Santo Amaro será exibido em salas de cinema de Salvador e espaços diversos de 29 cidades do interior. Projeto de distribuição e exibição do filme foi aprovado no Edital da Secretaria de Cultura da Bahia (Secult), que prevê, além das exibições na capital e no interior, a produçao de um DVD com o filme e Extras visando distribuição para a rede de ensino e outros interessados. Antes disso, o filme será exibio no Cachoeira Doc (04 a 09 de dezembro) e no Festival Internacional de Cinema de Arquivo, (REcine 2012, RJ, 10 a 14 de desembro).

Filme Cuíca de Santo Amaro no V Festival do Cine Latinoamericano e Caribenho de Margarita 2012

24/10/2012


Por Josias Pires

Nesta quinta-feira embarco para a Venezuela para acompanhar a exibiçao do filme Cuíca de Santo Amaro no festival. Organizado pela Plataforma de Cinema e Difusão do Ministério do Poder Popular para a Cultura, através da Distribuidora Nacional de Cine Amazonia Films, o evento ocorrerá no Caribe, na Ilha de Margarita, República Bolivariana da Venezuela, entre os dias 25 de outubro e 01 de novembro próximos. Cuíca de Santo Amaro será exibido nos dias 26, 28 e 31 de outubro.

Dirigentes do Bahia agridem jornalista de A Tarde

09/10/2012

Do Observatório de Imprensa

Por André Uzeda

Na noite de sexta-feira (28/9) estava na redação, fechando uma das últimas páginas do caderno de esporte que viria a rodar no domingo seguinte, quando começo a receber mensagens na conta que mantenho no Twitter. A primeira delas veio do sr. Bruno Brizeno, funcionário do Departamento de Futebol do Esporte Clube Bahia, mandando eu tirar “a cara de viado”.Outras foram se sucedendo em um curto espaço de tempo. Uma delas, sem me citar diretamente na rede social, do sr. Sérgio Queiroz Bezerra, conhecido como Kabrocha, braço direito do presidente do Bahia, Marcelo Guimarães Filho (ex-deputado federal pelo PMDB), e espécie de “faz tudo” dentro do clube, que me xingava de “maconheiro mirim”.O irmão do presidente, sr. Marcos Guimarães, que, entre íntimos, também atende pelo apelido de Telefunken, escreveu que eu fumava maconha para curar o “corno da namorada”. Continue lendo »

Prefeito de Santa Terezinha (BA) foi eleito com 99,52% dos votos

08/10/2012

Santa Terezinha uma pequena cidade da Bahia, paraíso dos praticantes de vôos em asa delta, vizinha a Castro Alves foi, provavelmente, o lugar onde o PT recebeu o maior percentual de votos em todo o país: o prefeito Ailton foi eleito com 4.158 votos, o que representa 99,52% dos votos válidos na eleição local. O candidato que ficou em segundo lugar, Zé de Zila, teve apenas 20 votos. Quem acompanhou a eleição naquele cidade esperava, obviamente, o resultado pois durante a campanha as atividades promovidas pelo PT local mobilizavam todos os habitantes da sede municipal. Continue lendo »

Salvador, uma cidade perplexa

22/09/2012

Se os grandes eventos como Copa do Mundo reforçam a virulência e a dramaticidade da ação pública e privada sobre o território urbano, os fundamentos privatistas e especulativos da produção da capital baiana atual podem ser encontrados nas dimensões mais cotidianas e rotineiras da complexa engrenagem produtora de espaço. O uso e abuso do Plano Diretor é evidente e Salvador atinge um recorde entre as capitais brasileiras na redefinição dos padrões legais de regulação do espaço urbano.

Por Ana Fernandes (*)

Do ponto de vista do direito à cidade e da urbanidade, é desastroso atravessar uma conjuntura de crescimento econômico – particularmente aquela ancorada em acelerada expansão da construção civil e da indústria automobilística – sem que se configure como eixo condutor das ações públicas e privadas um aparato de regulação do uso do espaço calcado no interesse público e no descortínio de novas formas de desenvolvimento social. Continue lendo »

Assassinato de jovens revolta Boiadeiro

31/08/2012
Para protestar contra a morte de dois jovens assassinados por um grupo de extermínio, a comunidade do Boiadeiro, no Subúrbio Ferroviário, fez nesta sexta-feira (31) outra manifestação pública, que enfrentou a resistencia de policiais militares que prenderam, inclusive, um advogado dos movimentos negros.

A comunidade busca superar o medo e contestar a versão da mídia que veiculou a informação de que os rapazes teriam morrido em decorrência de confronto entre facções criminosas rivais que supostamente guerreiam por aquele território. No entanto, na realidade, Luiz Henrique, filho único, arrimo de família, foi covardemente morto em companhia de Alax através duma execução sumaria nitidamente empreendida por ação de um grupo policial ou paramilitar de extermínio. Continue lendo »

Faltam remédios em Salvador para pessoas com doença falciforme

21/08/2012

 

As pessoas com doença falciforme estão tendo dificuldade de acesso aos medicamentos essenciais  para manter o tratamento nas treze unidades de saúde de referência e em  todas as unidades de saúde da  capital baiana. As mães vão os locais indicados e não tem encontrado os medicamentos.

“É uma situação muito preocupante”, Não quero acreditar que a prefeitura esteja a praticar racismo institucional, na medida em que deixa desprotegida a população carente e negra desta cidade”, denunciou Marcos Antonio Almeida Sampaio, presidente do Conselho da Comunidade Negra de Salvador. Continue lendo »

Justiça federal condena PDDU de 2008

14/08/2012

Por Rogerio Horlle

Por seis votos a zero os desembargadores da 3a turma do TRF1, na tarde desta terça-feira (14) julgaram improcedentes os Embargos Infringentes opostos pela Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi)  que travavam a Liminar obtida com a Ação Civil Pública (ACP) contra o PDDU de 2008!

O advogado Celson Ricardo e o arquiteto Paulo Ormindo participaram ativamente do julgamento, que teve no programa a sustentação oral de representante da Ademi e de Celson Ricardo em nome das entidades que formam o Fórum a Cidade Também é Nossa!

Por seis votos a zero os desembargadores confirmaram a tese de dolo nas aprovações de leis urbanísticas e ambientais em Salvador, em total discordância com a legislação federal.  Parabéns a todos que colaboraram para levar a verdade aos juizes de Brasilia acerca dos danos irreversíveis que obras ilegalmente liberadas por esta prefeitura tem causado a nossa capital

Oficial é acionado pelo Ministério Público por retificar área de terreno de forma irregular

24/07/2012

Do Correio

Ele é acusado de promover unificação de matrículas de três imóveis para aumentar área ilegalmente<

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-Ba) ajuizou uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra um funcionário do 7º Ofício de Imóveis de Salvador. Outras três pessoas são acusadas de envolvimento em um esquema fraudulento.

Segundo o Grupo de Atuação Especial em Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa do MP (Gepam), João Borges Hegouet Neto, o delegatário do Registro de Imóveis do 7º Ofício da capital, promoveu a unificação de matrículas de três imóveis para gerar uma nova matrícula com retificação da dimensão total da área, aumentando-a ilegalmente em 34%. Ele teria atendido a requerimento apresentado por Bruno Goes Monteiro e pela imobiliária Coutinho Imóveis.

O terreno, localizado no bairro de Pituaçu, foi vendido por mais de R$ 3,5 milhões e um empreendimento está sendo erguido no terreno que, de acordo com o Gepam, está inserido em propriedade reivindicada pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder).

Para obter a retificação da área, uma planta topográfica foi apresentada ao Ofício de Imóveis e foi prontamente admitida pelo oficial de registro. A planta contém as assinaturas dos quatro confrontantes do terreno, uma exigência legal, que, de acordo com o Gepam, é feita para demonstrar a anuência dos vizinhos quanto ao aumento da área. Continue lendo »

A guerra suja só está começando

19/07/2012

Por Marcus Gusmão, do Blog Licuri

“Estou me comprometendo em, até amanhã, apresentar esse vídeo em que a servente, chorando, fala da humilhação que sofreu e do orgulho que sente em trabalhar para sustentar os seus quatro filhos”, promete o presidente da ALBA a um site sucursal de um programa de TV mundo cão.

O vídeo é só a sequência desta nota publicada hoje no jornal A Tarde. Todas as armas da guerra suja estão direcionadas para a desmoralização dos professores. Haja estômago. Continue lendo »

Carta Aberta do Movimento Desocupa ao Conselho de Cultura: bairro 2 de Julho

13/07/2012

O Movimento Desocupa encaminhou nesta sexta-feira (13), ao Conselho Estadual de Cultura, uma “Carta Aberta sobre o Bairro 2 de Julho” pela qual busca sensibilizar o órgão para a necessidade de questionamento do projeto “Humanização do Bairro Santa Tereza”, proposto pela Prefeitura, que delimita uma poligonal de intervenção que é praticamente igual à do projeto Cluster Santa Tereza, gestado por duas empresas privadas e com objetivos unicamente imobiliários: a Eurofort Patrimonial e a RFM Participações, (projeto que vem sendo desenvolvido pelo menos desde 2007). Continue lendo »

Sobre alhos e bugalhos

11/07/2012

Com o título de “Alhos e bugalhos”, o jornalista Levi Vasconcelos publicou, nesta quarta-feira (11), na coluna diária Tempo Presente, do jornal A Tarde as explicações da Sucom para a suspensão de quase 13 mil Termos de Viabilidade de Licenciamento (TVLs), com a justificativa de que estaria cumprindo, desta forma, a decisão liminar do Tribunal de Justiça, que acatou os termos da Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), requerida pelo Ministério Público contra alguns artigos da nova Lei de Ordenamento, Uso e Ocuoação do Solo (Louos) de Salvador. A Louos alterou indevidamente artigos de outra lei, a do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) a fim de atender as demandas de alguns empreários.

De acordo com o documento escrito por especialistas na legislação da matéria, e que foi entregue pelos movimentos sociais ao procurador chefe do Ministério Público da Bahia, Wellington Lima e Silva na segunda-feira (9) , a atitude da Sucom é inconstitucional  “tendo em vista que a suspensão liminar em questão importa – considerado o efeito repristinatório que lhe é inerente – em restauração das normas estatais anteriormente revogadas pelo diploma normativo objeto do juízo de inconstitucionalidade, eis que o ato inconstitucional, por ser juridicamente inválido (RTJ 146/461-462), sequer possui eficácia derrogatória. Precedentes (STF)”. Continue lendo »

Louos: Ministério Público ingressa com petição na Justiça para esclarecer decisão judicial

09/07/2012

Para evitar que novos empreendimentos imobiliários e a população de Salvador sejam prejudicados desnecessariamente por uma interpretação possivelmente equivocada feita pela Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom) a respeito da decisão judicial que suspendeu a Lei Municipal nº 8.167/2012, o Ministério Público estadual ingressou hoje, dia 9, no Tribunal de Justiça baiano, com uma petição para que seja esclarecido e orientado à Sucom o modo de execução da decisão. A medida foi motivada pela Portaria nº 124/2012, publicada pelo órgão municipal, que impede a concessão de novos alvarás de construção e suspende, indiscriminadamente, quase 13 mil Termos de Viabilidade de Localização (TVLs). Continue lendo »

Vídeo comenta proibição da leitura dramática do quilombo do rio do Macaco

09/07/2012

Marinha veta leitura dramática na comunidade de rio do Macaco

08/07/2012

Luciene Silva, mãe de oito filhos, nascida e criada no local foi proibida de entrar pois seu nome havia sido retirado do cadastro na guarita da Vila Militar.

Por Josias Pires

A leitura dramática que o Bando de Teatro Olodum faria neste domingo pela manhã (8) na comunidade quilombola do rio do Macaco foi frustrada pela Marinha do Brasil sob a justificativa de que os organizadores da manifestação cultural não haviam informado à Força sobre o ato no local.

Mas se o programa previsto não foi realizado, o momento propiciou um rico encontro de pessoas de movimentos sociais, artísticos e culturais em favor do respeito pleno aos direitos humanos fundamentais para aquelas pessoas que sofrem no corpo a herança colonial, escravista, militarista, autoritária tão marcante na história do Brasil. Continue lendo »

Setor imobiliário pressiona Tribunal de Justiça da Bahia sobre nova Louos

07/07/2012

O Movimento Desocupa publicou nota no site http://movimentodesocupa.wordpress.com/ “Setor imobiliário e Prefeitura promovem chantagem para tentar reverter derrubada da LOUOS”. Leia texto na íntegra:

“Desde que o Tribunal de Justiça (TJ) da Bahia decidiu, em caráter liminar, suspender os efeitos de artigos da nova Lei de Ordenamento, Uso e Ocupação do Solo (LOUOS) de Salvador assistimos à crescente pressão sobre o Tribunal de Justiça feita pelos setores econômicos afetados pela decisão judicial (clique aqui para saber mais sobre as razões que levaram à derrubada da LOUOS http://movimentodesocupa.wordpress.com/2012/06/05/voce-sabe-o-que-e-a-louos/ ).

Primeiro foram artigos assinados por donos e representantes de alguns dos mais lidos blogs de notícias da capital baiana, que alardearam a “informação” de que o setor ficou em “polvorosa” com a decisão do TJ. Depois vieram os “dados” de que centenas de obras seriam paralizadas e grandes empreendimentos hoteleiros estariam desistindo de se instalarem na cidade. Continue lendo »

O bairro é 2 de Julho. Santa Tereza é empulhação

30/06/2012

Os impactos dos projetos no 2 de Julho e as medidas de salvaguarda da população estarão na pauta dos debates da Audiência Pública sobre o bairro marcada para o próximo dia 12 de julho, a partir das 17h, no Centro Cultural da Câmara Municipal de Salvador (Praça Thomé de Souza). O evento será precedido de uma visita ao bairro e entorno com a Relatoria Nacional de Direito Humano à Cidade em Áreas do Centro Antigo de Salvador para apurar denúncias de violação de direitos humanos. Continue lendo »

Ademi aumenta pressão sobre Tribunal de Justiça da Bahia

29/06/2012

Por Josias Pires
Através de artigos de donos de blogs noticiosos, a Associação de Dirigentes do Mercado Imobiliário (Ademi) decidiu pressionar abertamente o Tribunal de Justiça da Bahia no caso da votaçao da Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) movida pelo Ministério Público contra a nova Lei de Ordenamento, Uso e Ocupação do Solo (Louos) de Salvador.

Ao invés de contribuírem para a melhoria da qualidade da vida urbana, os sócios da Ademi estão ameaçando a cidade com paralisação de obras e desemprego. A cidadania e a Justiça não podem intimidar-se diante deste tipo de ameaça. Precisamos de uma cidade em que a lei e os direitos dos cidadãos sejam amplamente respeitados. Continue lendo »

Tribunal de Justiça suspende efeitos da nova Louos

27/06/2012

O pleno do Tribunal de Justiça da Bahia decidiu nesta quarta-feira (27), por 15 votos a 12, conceder medida liminar suspendendo os efeitos da nova Lei de Ordenamento, Uso e Ocupação do Solo (Louos) de Salvador, aprovada de modo irregular pela Câmara Municipal em 29 de dezembro de 2011.

Segundo o engenheiro Rogério Horlle, do Movimento Desocupa, que acompanhou o desenrolar da sessão, o relator do processo, desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano acatou integralmente os argumentos do Ministério Público da Bahia, que impetrou Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) para a revogação da Louos. Continue lendo »

Ademi-Bahia interfere no julgamento da nova Louos

14/06/2012

A atividade dos empresários do capital imobiliário visando manter a validade da nova Louos e do novo PDDU não se resume às notas na blogosfera sobre pressões ao Tribunal de Justiça. Às folhas 165/166 dos autos do processo, movido pelo Ministério Público para a anulaçao da nova Louos, foram incluidos ontem (14) o pedido da Associação dos Empresários do Mercado Imobiliário (Ademi-Bahia),  com a finalidade de tornar “amigo da corte”, expressão jurídica que significa adquirir o poder de juntar material e documentos “com o desiderato de influir no julgamento da medida cautelar requerida nesta Ação Direta de Inconstitucionalidade”, conforme escrito no despacho do desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, que concedeu a vista dos autos para a Ademi. O pleno do Tribunal deixou de reunir-se ontem à tarde (14) por falta de quorum e o motivo foi a suspensão do julgamento a pedido da Ademi-Bahia. A decisão foi protelada e os dirigentes da prefeitura articulados com o capital imobiliário, como o chefe da Sucom Claudio Silva, continuam liberando alvarás de construção de acordo com os parâmetros da nova Louos.

Das pressões sobre Tribunais de Justiça

13/06/2012

O tema da pressão sobre Tribunais de Justiça está na ordem do dia. Esta semana os articulistas da velha imprensa, Ricardo Noblat e Dora Kramer referiram-se ao discurso que o petista José Dirceu teria feito aos estudantes em evento no Rio de Janeiro, conclamando-os a pressionarem o Supremo Tribunal Federal (STF) no caso do julgamento do chamado “mensalão”.  Os dois protestam contra o que consideram totalmente descabido, ou seja, a pressão pública e constrangedora sobre juízes, influenciando na indispensável imparcialidade dos meretíssimos diante da análise dos autos.

Continue lendo »

Aruanda, Linduarte Noronha, 1960

08/06/2012

Parte 1 (9min03seg)

Parte 2 (6min11seg)

Filme documentário do paraibano Linduarte Noronha, que em 1960 inaugura –  ao lado de Arraial do Cabo (Paulo Cesar Sarraceni) – o documentário social brasileiro, indo além do lirismo de Humberto Mauro e buscando compreender os processos históricos e culturais do homem  e da terra de cada lugar do país. Filme luminoso a inspirar a fotografia do cinema novo – luz branca estourada captada sem filtros – e inspiraçao também temática. Antropologia visual filmada depois de uma reportagem que Linduarte fez para a imprensa de João Pessoa sobre o quilombo na Serra do Teixeira.

O documentarista baiano Geraldo Sarno garante que decidiu fazer cinema depois de ver Aruanda, numa exibição feita em Salvador. Na oportunidade Glauber Rocha, que até então havia feito apenas O Pátio, disse a Noronha que Aruanda tornava pueris os experimentos formais que ele – Glauber – andava fazendo pois e trazia para o centro da cena, de forma bruta e primitiva, a realidade brasileira.

Portanto, este é um filme seminal.


Marinha acusada de violaçao de direitos humanos

04/06/2012

Balas recolhidas pelos agricultores próximo às suas casas. Foto Guellwaar Adún

– É uma vergonha para um país que se deseja democrático o que estamos vendo aqui. É uma vergonha para todos nós que lutamos por um país cidadão. Vamos atuar para que o governo tome medidas imediatas. A Constituição é clara. É dever do estado reparar um pouco das violências praticadas contra a população negra,  desabafou nesta segunda-feira (4) o deputado federal maranhense Domingos Dutra (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, que passou o dia em Salvador apurando denúncias de violação de direitos humanos por parte da Marinha contra agricultores da comunidade quilombola Rio do Macaco.

Continue lendo »

O cirquim do chulé

30/05/2012

Por Nilson Galvão

.
“Com um pouco de sorte você não encontrará o que procura”, lê-se numa página do livreto vendido a R$ 30 na lojinha de souvenirs. Tudo é tão caro, a começar pelo ingresso, e incluindo refrigerantes, sucos, pipocas. Um desavisado passará em branco uns dois anos atrás, na primeira aparição da trupe em Salvador, e não apenas por canguinhagem, mas por um desses preconceitos intelectualóides contra toda a tralha kitsch deste mundo, toda a tola ostentação burguesa essas coisas.

Continue lendo »

Inconstitucionalissimamente: MP-BA quer anular artigos da LOUOS aprovados em afronta à Lei

20/05/2012

Sede do Ministério Público da Bahia no bairro de Nazaré

Por Josias Pires

Tramita no Tribunal de Justiça da Bahia  a ação direta de inconstitucionalidade  (Adin), requerida pelo Ministério Público do Estado (MP-BA), para anular os efeitos da nova Lei de Ordenamento do Uso e da Ocupação do Solo do Município (Louos),  a Lei 8.167/2012, aprovada em polêmica sessão no dia 29 de dezembro de 2011 pela Câmara Municipal de Salvador e sancionada em janeiro pelo prefeito João Henrique. O procurador-geral do MP-BA Wellington Lima e Silva cobra a imediata suspensão de artigos desta lei, de modo a impedir a concessão de licenças de construção e autorização para explorar o espaço urbano, segundo os critérios aprovados de modo inconstitucional na nova Louos.

Continue lendo »

22, de Diego Lisboa, selecionado para o Festival Lume, de São Luis (MA)

14/05/2012

Diego Lisboa dirigiu e filmou 22 nas ruas de Belo Horizonte durante residência artística de 20 dias naquela cidade.

O filme curta metragem 22, dirigido pelo cineasta baiano Diego Lisboa (Doc experimental, 10’47”) foi selecionado para a Mostra Competitiva do Festival de Curtas Metragens Brasileiros – Festival Lume – que divulgou a lista dos selecionados em todas as categorias. O festival será rrealizado entre 14 a 20 de junho, em São Luís (MA). A sinopse do filme anuncia: através da observação distante conduzida por um carro, é possível acessar sentimentos vindos desta experimentação humana.

Continue lendo »

Por que o Cinema da UFBA não exibe o filme Menino Joel?

19/04/2012

Professor da UFBA e membro do Movimento Desocupa. Ícaro Vilaça escreve carta aberta para a reitora Dora Leal cobrando providências para que o Cinerma da UFBA possa exibir o filme.

Por Ícaro Vilaça

Magnífica Reitora Dora Leal Rosa,

Na qualidade de professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia, mas sobretudo na qualidade de cidadão, gostaria de solicitar alguns minutos de sua preciosa atenção para o problema posto a seguir.

Na noite de ontem, tive a honra de assistir ao filme Menino Joel, exibido no Cinema da UFBA em sessão bancada pelos próprios realizadores do filme. Dirigido pelo italiano Max Gaggino e produzido por Rodrigo Cavalcanti, o filme foi realizado de forma completamente independente, sem nenhum tipo de apoio.

Continue lendo »

Histórias da Bahia no festival de documentários É Tudo Verdade

15/03/2012

De Eron Rezende, jornal A Tarde

Fotos: Davi Caires

Cinegrafista e diretores Josias Pires e Joel de Almeida

Cinegrafista e diretores Josias Pires e Joel de Almeida

Equipe de "Cuica de Santo Amaro - Ele, o Tal" grava no Centro Histórico de Salvador

Equipe de “Cuica de Santo Amaro” grava no Centro Histórico de Salvador

De fraque surrado e chapéu-coco, o homem caminha repleto de cartazes pendurados nas costas. Em um deles, o aviso: “Nunca disse que eu era getulista. Nem também que eu era queremista. Todos sabem muito bem que eu sou é propagandista”.

Personagem da velha Salvador e comerciante de si mesmo, José Gomes assim viveu, entre feiras e ladeiras, vendendo cordéis intumescidos de humor e crítica. Demonizou Hitler, Mussolini e Plínio Salgado, alfinetou Getúlio Vargas. Maridos traídos e patrões mesquinhos nunca escaparam. Após 48 anos de sua morte, o autointitulado “trovador da Bahia” tem a sua história recuperada no documentário Cuíca de Santo Amaro – Ele, o Tal.

Continue lendo »

Cuíca de Santo Amaro estreia no Rio de Janeiro

13/03/2012

Foto Davi Caires. Ruínas do Cine Jandaia, na Baixa dos Sapateiros, um dos preferidos de Cuíca de Sant Amaro

Bomba!! Bomba!! Bomba!!  / Aguardem!! Em breve!!

No próximo dia 24 de março, às 19h, no Espaço Itaú de Cinema Botafogo, Praia do Botafogo, Rio de Janeiro, o filme documentário de longa metragem (2011, 73 min) Cuíca de Santo Amaro abre a seleção de longas nacionais do Festival Internacional de Documentários É Tudo Verdade. O filme tem a direção de Joel de Almeida e Josias Pires, com o apoio do programa Petrobras Cultural. Continue lendo »

Quilombo rio do Macaco: Oficial da Marinha diz que cerco foi coincidência.

04/03/2012

Foto de Rafael Gomes

A presença de pessoas solidárias ao Quilombo do Rio dos Macacos foi fundamental para que a Marinha recuasse e retirasse de cena os três caminhões com fuzileiros navais e um trator da área do quilombo. Segundo a antropóloga e professora de sociologia da Universidada Estadual da Bahia (UNEB), Vilma Reis um oficial da Marinha, que se recusou a identificar-se, disse que a presença das tropas ali era coincidência e manobra de rotina. Vilma Reis argumentou que só a PF, autorizada pela presidente, pode fazer reintegração de posse e que havia um acordo de dilatação do prazo de cinco meses. Organizadores da manifestação de apoio aos agricultores do rio do Macaco informam que havia hoje no quilombo cerca de 300 pessoas, inclusive representantes de quilombolas de outros estados, como Rio de Janeiro e Maranhão,

via Poliana Rebouças:

Acabei de chegar do Quilombo Rio dos Macacos, com Luana Soares, Cristiano Lima e Marcos Rezende. No local, estavam presentes várias entidades e militantes do movimento negro, como o CEN, a CONEN, o Reaja ou Será Morto/a, o MNU. Olívia Santana esteve no local também, junto com Marcio Meireles e Vilma Reis. Também estiveram lá massivamente estudantes da UFRB, UFBA, entidades estudantis secundaristas da UMESF, além da AATR. A mobilização começou com uma visita solidária feita por alguns grupos para levar alimentos para a comunidade, que esteve impedida pela marinha de pescar e plantar no local durante o período de ameaça de desocupação anteriormente. Ao chegar lá, este grupo encontrou tratores, policiais militares armados, além de camburões, o que indicava mais uma ameaça de desocupação. Os moradores relataram que foram ameaçados durante a madrugada e houve tiros e intimidações, através de pressão psicológica. A marinha impediu todo o grupo de entrar no quilombo, o que fez com que a maioria tivesse de entrar pelos fundos e depois tirar uma comissão para entrar no quilombo e levar a alimentação e checar a situação dos moradores. No início da tarde, a situação estava sob controle, contatos foram feitos com representantes do ministério da defesa que garantiram que não haverá desocupação em 5 meses, prazo dado aos moradores para que comprovem que são remanescentes de quilombo originário naquela região. TODO APOIO AO QUILOMBO RIO DOS MACACOS!

Nesta segunda “Salvador merece outra Louos”, no Teatro Vila Velha, às 19h

25/02/2012

O movimento Desocupa e o Teatro Vila Velha promovem a terceira mesa de debates do projeto “A Cidade que queremos”, nesta segunda-feira, às 19h para debater o projeto de Iniciativa Popular visando nova Lei de Ordenamento, Ocupação e Uso do Solo (Louos), que anule os efeitos perversos contidos na Louos aprovada dia 29 de dezembro passado na Câmara de Vereadores de Salvador. Continue lendo »

Movimento Desocupa repudia declarações do superintendente da Sucom

23/02/2012

Do site Movimento Desocupa

No início do Carnaval deste ano, o superintendente de Controle e Ordenamento do Uso do Solo (Sucom), Cláudio Silva, chamou de “oportunista” o movimento Desocupa, que luta em favor da desocupação da praça de Ondina pelo Camarote Salvador; e afirmou a sites de notícias que o movimento e a Defensoria Pública da União deveriam se voltar também “contra outros camarotes que estão em área pública”, a exemplo do Universitário (área da UFBA) e do Barravento. Continue lendo »

Juiz Federal concede liminar para desmontagem do Camarote Salvador

16/02/2012

O juiz da 3a. Vara Federal Pompeu de Sousa Brasil concedeu medida liminar no final da tarde desta quinta-feira (16)  em favor da suspensão de obras e supressão da estrutura do Camarote Salvador, construído sobre uma praça pública no bairro de Ondina, no final do Circuito Dodô. A liminar foi solicitada pela Defensoria Pública da União (DPU), através de Ação Civil Pública protocolada no dia dez de fevereiro sob a alegação de irregularidades e ilegalidades cometidas pelas empresas Premium Produções com o apoio da Superintendência de Controle e Ordenamento do Solo (Sucom) e a União Federal, através da Superintendência do Patrimonio da União (SPU).

Crea convidado a integrar GT de Análises Técnicas do Movimento Desocupa

15/02/2012

Daniel Colina (IAB), Jandira França (CAU), Marco Antonio Amigo (CREA), Jana Lopes e Diego Mauro (Desocupa), Glória Cecília (SBU), Ícaro Vilaça (Desocupa), João Pereira (Fabs), Ordep Serra (Vozes de Salvador) e Josias Pires (Desocupa)

Representantes dos movimentos Desocupa, Vozes da Cidade, A Cidade é Nossa, Sociedade Brasileira de Urbanismo (SBU), Federação de Associação de Bairros (Fabs), Instituto dos Arquitetos do Brasil, secção Bahia fizeram reunião nesta quarta-feira (15) com o presidente do Conselho Regional de Arquitetura e Engenharia (CREA), o engenheiro mecânico Marco Antonio Amigo e com a presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU), Jandira França. A iniciativa do encontro partiu do Movimento Desocupa, que buscou angariar o apoio do CREA para o fortalecimento do debate público sobre a cidade e o papel da cidadania. Continue lendo »

Clientes da PDG fazem bloco de protesto no Carnaval

15/02/2012

Do blog Licuri, via Marcus Gusmão

O bloco de protesto mais divertido do Carnaval baiano deverá ter  este ano a participação de clientes da PDG, que amargam espera de quase 18 meses no recebimento de apartamentos comprados na planta, no condomínio Pátio Jardins, em Brotas. A ideia surgiu nas redes sociais, onde diversos compradores têm protestado contra o atraso, colocando na foto do perfi: Sou Cliente PDG e não estou satisfeito.

Na manhã deste domingo, cerca de 50 pessoas trocaram a praia por um protesto bem humorado na Avenida Paralela, em frente ao stand da empresa. Com apitos, cornetas,  faixas, mamães-sacode, chapéus de bobos-da-corte e perucas, estenderam duas faixas de protesto pelo atraso de frente para o fluxo de veículos. Continue lendo »

Boicote às entidades e marcas que apoiam a privatização do espaço público

15/02/2012

Do Movimento Desocupa

 

Desesperada com a possibilidade de sofrer um embargo poucos dias antes do Carnaval, a Premium Produções Criações Artísticas Ltda, empresa responsável pelo Camarote Salvador, como já poderíamos prever, utiliza seu poder econômico e penetração na mídia para tentar confundir a opinião pública. Continue lendo »

Camarote Salvador ataca DPU e se diz “maior empreendimento” do Carnaval da Bahia

14/02/2012

Por Josias Pires

O jornal Correio da Bahia, de Salvador, publicou na edição desta terça-feira (14), na página 3, uma Nota de Repúdio à ação civil pública ajuizada pela Defensoria Pública da União, que pede o embargo e a supressão da estrutura já montada do Camarote Salvador, na área da Praça de Ondina, no final do circuito Barra-Ondina, em decorrência de ilegalidades e irregularidades observadas no processo de ocupação da praça pela empresa Premium, proprietária do camarote.

A nota de repúdio foi assinada por cerca de 20 organizações vinculadas ao Carnaval de Salvador, auto denominadas como o “setor produtivo do Carnaval da Bahia”; e está construída de modo a passar a tese de que o pedido de apuração dos problemas judiciais do Camarote Salvador seriam suficientes para afetar todo o Carnaval da Bahia. E que os seus críticos – cidadãos e organismos públicos que defendem o cumprimento da Lei – estariam “de maneira oportunista e midiática” tentando “tumultuar e comprometer a festa de dezenas de milhares de turistas”, ou seja, de todo o público do Carnaval da cidade. Continue lendo »

Poder da grana censura Movimento Desocupa no site Bahia Notícias

11/02/2012

Por Josias Pires

Diversas mensagens nas redes sociais estão denunciando a censura que caiu sobre o site “Bahia Notícias”, que tirou do ar reportagens sobre a ação civil pública ajuizada pela Defensoria Pública da União (DPU-Bahia) pedindo à Justiça o embargo do Camarote Salvador. O site deixou de publicar também a resposta do Movimento Desocupa às acusações do Camarote Salvador de que o movimento – formado por artistas, profisionais liberais, estudantes e outras categoria sociais – teria interesse em depredar as instalações do empreendimento, que ocupou irregularmente, segundo a DPU, a praça de Ondina. Continue lendo »

Movimento Desocupa rechaça acusações do Camarote Salvador

10/02/2012

Em nota pública divulgada no site http://movimentodesocupa.wordpress.com o Movimento Desocupa critica a postura autoritária e arrogante do Camarote Salvador dirigida contra um procurador de Justiça e um movimento formado por cidadãos que querem e lutam pelo melhor para a cidade. Na nota o movimento questiona os termos da defesa do Camarote, que “afirma ter “assumido o pagamento” de R$ 1.000.000,00, mas não declara tê-lo efetivado, como de fato não poderia fazer, e esconde ter sido multado pela superintendência do patrimônio da União no valor de R$ 374.324,05, tendo momentaneamente conseguido transferir tal despesa para o Município de Salvador, com base no inacreditável argumento de que desconhecia que terreno de marinha, incluída área de praia, faz parte do patrimônio da União”. Continue lendo »

Quilombolas sofrem ameaças em todo o país

09/02/2012

Foto: Jorge Washington

A expulsão dos agricultores do território quilombola do rio do Macaco, entre os municípios de Salvador e Simões Filho, prevista para ocorrer no próximo dia 4 de março, será uma derrota para as comunidades quilombolas do Brasil e representará um retrocesso em toda a política para quilombos. Este foi o tom de vários discursos pronunciados na noite de segunda-feira passada (6), durante o “Ato de apoio à comunidade quilombola rio dos Macacos”, que lotou a Sala Principal do Teatro Vila Velha, apesar da greve dos policiais militares. Continue lendo »

Manifesto Quilombolas de rio do Macaco

31/01/2012

Na próxima segunda-feira (6) os quilombolas de rio do Macaco terão encontro com representantes do governo federal, em mais uma tentativa de convencer a Marinha a por fim a exigência de expulsar os agricultores da região. À noite haverá um Ato em Defesa da Comunidade Quilombola Rio dos Macacos, às 19hs, no Teatro Vila Velha. Já confirmaram participação Lazzo Matumbi, Tonho Matéria, Bloco Afro Os Negões e outras presenças serão confirmadas ao longo da semana. Continue lendo »

Desocupa fará passeata nesta quarta-feira no Centro de Salvador

31/01/2012
O Movimento Desocupa realiza amanhã (1), a partir das 16h, uma passeata entre o Campo Grande e a praça Municipal, em Salvador, para protestar contra a aprovação e sanção da Lei de Ordenamento e Uso do Solo (Lous), cuja votação desobedeceu a uma decisão judicial que suspendeu a tramitação da matéria. Este é o terceiro protesto de rua do movimento, que começou dia 14 de janeiro na praça de Ondina ocupada pelo Camarote Salvador. O evento reuniu cerca de 800 pessoas. Seis dias depois um novo protesto, com mais de mil pessoas, foi feito na praça Municipal, o Desocupa, João. Continue lendo »

A cidade que construímos agora é onde viveremos nos próximos 100 anos

31/01/2012

Por Josias Pires

A frase do título é da professora de urbanismo Naia Alban, mediadora da primeira edição da mesa-redonda “A Cidade que queremos”, organizacda pelo Teatro Vila Velha ontem à noite, e dá a medida da importância do momento atual, em que a paisagem da cidade está sendo radicalmente transformada, tendo como modelo de ocupação o que foi feito em São Paulo, segudo o urbanista Heliodório Sampaio, que representou na mesa a Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Continue lendo »

Porque João deve Desocupar a prefeitura de Salvador

30/01/2012

Está circulando nas redes sociais uma lista com algumas das razões pelas quais “João deve Desocupar a prefeitura”. Leia abaixo:

– Porque João governa a cidade apenas para os seus amigos das máfias dos transportes, do lixo e do capital imobiliário – ou seja, os donos das construtoras de prédios.

– João foi incapaz de fazer andar a obra do Metrô – o menor e mais caro do planeta, 6Km = R$ 1 bi. Recursos que vieram dos cofres públicos, ou seja, do nosso dinheiro.

– João deu anistia ao Grupo Iguatemi para as dívidas do Aeroclube (mais de R$ 50 milhões) e não exigiu a construção do parque público previstro para o local.

– Mudou a Lei de Ordenamento e Uso do Solo (Lous) liberando o terreno do parque público no Aeroclube para a construção de hotéis na área que era do povo. Continue lendo »

Movimento Desocupa ganha novos apoios e promete grande passeata dia 1 de fevereiro

30/01/2012

Teatro Vila Velha promove nesta segunda mesa-redonda sobre benefícios da Lous

Os benefícios da Lei de Ordenamento e Uso do Solo (Lous), aprovada dia 29 de dezembro passado pela Câmara Municipal de Salvador, é o tema da primeira edição do projeto “A Cidade que queremos”, nesta segunda-feira, às 19h, na Sala Principal do Teatro Vila Velha. O evento abre uma série de mesas-redondas a serem realizadas no Teatro que deverão funcionar como espaço de debates sobre a cidade, sempre às segundas-feiras, 19h.

Foram convidados para a primeira edição do evento o prefeito João Henrique Carneiro ou um representante; o presidente da Câmara Municipal. vereador Pedro Godinho; Glória Cecícila Figueiredo, da Sociedade Brasileira de Urbanismo; um representante da Comissão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente da Câmara dos Vereadores; o Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (Sinduscon-BA), o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-BA) e a Escola de Arquitetura da UFBA.

Movimento Desocupa ganha novos apoios e promete grande passeata dia 1 de fevereiro

Depois de mobilizar o apoio de diversas organizações comunitárias, profissionais e sindicais, o Movimento Desocupa levou o cantor Lucas Santtana a incluir no show Conexão Vivo, que fez ontem (29) à noite, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA), uma surpreendente convocação do público para participar da “Grande Passeata” do dia primeiro de fevereiro, a partir das 16h, saída prevista da porta do TCA. O cantor mostrou aos presentes o panfleto do movimento e frisou a necessidade da população ir às ruas em defesa da cidade.

Movimento dos Sem Teto apoia o Desocupa

Em assembléia geral realizada ontem (29) pela manhã, o Movimento dos Sem Teto da Bahia (MSTB), declarou apoio ao Movimento Desocupa e garantiu que terá participação expressiva na passeata do dia primeiro de fevereiro, entre o Campo Grande e a praça Municipal.

Pagode do Desocupa

Algumas músicas sobre o movimento já foram compostas e postadas nas redes sociais. O compositor de pagodes Aleh Santana lançou no youtube e redes sociais o Pagode do Desocupa num clipe com imagens de alguns dos graves problemas de Salvador e cenas das manifestações do Desocupa.

Movimentos sociais pedem apoio da OAB

26/01/2012

“Salvador precisa resgatar a sua auto-estima”, esta sentença foi proferida hoje (26) pela manhã pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), secção da Bahia, Saul Quadros para vários representantes de organizações da sociedade civil soteropolitanas, que foram à sede da Ordem buscar o apoio da entidade para a propositura de ações relacionadas à aprovação da Lei de Ordenamento e Uso do Solo (Lous), alterações no Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) e a privatização de espaços públicos. Continue lendo »

Ordep Serra lança manifesto em defesa da cidade

22/01/2012

O professor e escritor Ordep Serra publicou na Internet um texto, que é um manifesto em defesa da cidade propondo a realização de um protesto artístico. Ele não marca data. Nas redes sociais circula a informação que no dia 1o. de fevereiro será realizada uma passeata entre o Campo Grande e a praça Municipal exatamente com o mesmo espírito contido no texto escrito pelo Mestre Ordep Jose Trindade Serra. No embalo que a mobilização social está ganhando é possível dizer que o mesmo espírito presidirá muitos protestos nas semanas e meses vindouros (Josias Pires).

Ordep Jose Trindade Serra

Estamos propondo realizar um protesto artístico, lúdico e bem humorado contra a situação de descalabro a que Salvador foi reduzida por uma administração irresponsável, bisonha, divorciada do interesse público, complacente com a ganância imobiliária, hostil ao povo. Continue lendo »

Movimento Desocupa voltará às ruas de Salvador dia 1o. de fevereiro

22/01/2012

http://vimeo.com/35435651

O movimento Desocupa publicou na sua página na Internet o anúncio de uma nova manifestação pública no próximo dia 1 de fevereiro, a partir das 16h, do Campo Grande para a praça Municipal. Os manifestam anunciam o ato como uma “celebração de amor à cidade”.

“No dia 20.01.2012, um linda sexta-feira ensolarada na Velha Bahia, mais de 1.000 pessoas (segundo estimativa da Polícia Militar) foram à Praça Municipal gritar aos vereadores e ao desprefeito em exercício sua indignação com a aprovação das alterações criminosas que foram feitas à LOUOS.  Continue lendo »

Desocupa, João!

20/01/2012

 

Depois de “romper o cerco policial” e subir as escadarias do prédio da prefeitura os manifestantes queimaram o boneco tinhoso do João, fogueira em praça pública como se queima Judas, o traidor. Ao final uma palavra do sociólogo Felippe Ramos, fazendo a crítica da impossibilidade da vida digna neste momento em Salvador e diversas implicações políticas que estão em jogo

Movimento Desocupa, João! protesta na praça Municipal

20/01/2012

Shirley Stolze em cinco instantâneos da manifestação política e cidadã, organizada através das redes sociais, realizada hoje (20) na praça Municipal de Salvador. Participaram do ato número equivalente – ou maior – do que o Desocupa em Ondina, indicando o potencial de crescimento do movimento.

Em Ondina o tom da manifestação foi dado pelo carrinho de som de Ana Dumas, favorecendo a instauração de um clima harmônico que a música proporciona, além do número maior de performers e performances diversas.

Na praça Municipal parte dos manifestantes ficou no “camarote” – a região mais próxima da sorveteria Cubana – e outra ficou no miolo, defronte a escadaria da prefeitura, concentrados em torno de um microfone e uma caixa de baixa capacidade de propagação sonora.

 

A diversidade de agentes, articulações, micro-redes, movimentos é imensa – base tão larga é alentador para as possibilidades de crescimento da participação das pessoas nos atos públicos. Porém a grande questão: qual exatamente o foco principal de tudo isto?

Desvelar o jogo entre aparência e essência: João é um fantoche, as tais forças poderosas estão por detrás de João, manipulando os cordões da prefeitura e da Câmara Municipal.

São aqueles que estão por trás de João os beneficiários da venda da cidade. Por isso, mais do que tirar João o que precisamos é barrar na Justiça a validade da Lous, impedindo, assim, a extinção do parque do Vale Encantado, o sombreamento das praias, a privatização da ilha dos Frades.

Marinha cede e INCRA começa a trabalhar no rio do Macaco

20/01/2012

Depois de quase dois meses, foi superado o impasse criado pela Marinha que estava impedindo técnicos do Instituto Nacional de Colonização e Reformas Agrária (INCRA) de entrarem na área quilombola do Rio do Macaco, na Baía de Aratu, entre Salvador e Simões Filho. Ontem (19) finalmente as antropólogas responsáveis pela elaboração do Relatório Técnico de Identificação e Delimitação começaram os estudos com os agricultores.  A elaboração do documento é a primeira etapa do processo de demarcação do território tradicional e precisa ser concluído o mais rápido possível.

“Agradecemos o apoio de todas as autoridades, instituições e amigos que tem nos ajudado neste momento tão difícil”, comentou Rosimeire Silva, uma  das lideranças da comunidade.

Apesar de destravado o acesso dos técnicos do Incra à área, os quilombolas ainda estão preocupados com a decisão judicial que força o despejo das famílias, marcado para o próximo dia 4 de março.

Vitória da cidade depende de mobilização social

20/01/2012

Por Gilmar Santiago (PT), vereador de Salvador, publicado hoje no jornal A Tarde

A aprovação pela Câmara Municipal de Salvador da nova Lei de Ordenamento e Uso do Solo (Lous) e a sanção do prefeito João Henrique, desconsiderando flagrante ilegalidade na votação da Lei representam dramático retrocesso para a cidade. As dez emendas apresentadas na hora da votação da Lous, muitas delas alterando o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) representam, infelizmente, o poder político submetido aos interesses econômicos. Continue lendo »

Urbanismo ditatorial x gestão democrática da cidade

20/01/2012

Por Josias Pires

Os conceitos e as práticas da gestão democrática da cidade são questões decisivas polarizadas pelo Desocupa Salvador. O modo como os poderes que deveriam ser públicos tratam o público em nossa cidade foi gerando ondas de indgnação, que agora estão pressionando as pessoas a irem às ruas desencadeando um movimento que militantes virtuais estão chamando de Primavera no verão baiano.

O “urbanismo ditatorial”, nome dado à política urbana da prefeitura de Salvador pela promotora de Justiça Cristina Seixas, nada mais é do que a submissão do prefeito e da Câmara Municipal ao interesse privado do capital imobiliário. Ao excluir a participação cidadã em órgãos como o Conselho da Cidade, o prefeito viola toda a legislação urbanística do país e da própria cidade.

Assisti às audiências públicas promovidas pela Câmara sobre o projeto de lei do PDDU dos Hotéis. Em todas elas a maioria esmagadora das pessoas manifestaram-se contra, mas esta posição foi desconsiderada pela Câmara na hora da votação. É como se os cidadãos fossem palhaços. Papagaios cuja palavras são vazias. Resta-nos ir às ruas pedir à Justiça que faça-se cumprir a lei, que os princípios da democracia participativa consagrados na Constituição sejam preservados.

É neste sentido que convergem as ações judiciais movidas pelo Ministério Público, vereadores de oposição, organizações populares e as ações de rua dos movimentos que atuam nas redes sociais. Na verdade, o sucesso das ações judiciais dependem, inapelavelmente, da força das manifestações de ruas – quando mais massivas mais decisivas.

Primavera Baiana: reflexões gramscianas para entender os obstáculos por vir

19/01/2012

Foto: Marco Aurélio Martins, Agência A Tarde

Por Felippe Ramos, http://framos.wordpress.com/

É famosa a frase de Che de que os poderosos poderão deter algumas flores, mas jamais a primavera. Levando em consideração o caso de Salvador, no qual a população começa a esboçar um fôlego de esperança e mobilização contra a destruição de sua cidade, é necessário questionar: a primavera baiana pode ser detida pelos poderosos? Continue lendo »

Respeito ao Direito para que a Justiça se cumpra!

19/01/2012

Ante a decisão do prefeito de sancionar a Lous apesar de decisão judicial apontando ilegalidade na tramitação do processo, aguarda-se o movimento que fará o Ministério Público e as entidades civis que lutam para a manutenção da legalidade, moralidade e impessoalidade no trato com a coisa pública. O ministério público estuda a possibilidade da ação de improbidade administrativa, o que poderia levar à prisão e/ou perda de mandato.

Neste texto  faz-se um resumo do percurso  jurídico do último mês. Várias ações judiciais contra atitudes da prefeitura e da Câmara Municipal estão tramitando no Fórum Ruy Barbosa,

Continue lendo »

Movimento “Desocupa a prefeitura, João!” ocupa a praça Municipal nesta sexta, 16h

19/01/2012
 Nessa sexta-feira (20) está convocada pela Internet nova ação, desta vez na Praça Municipal, quando os manifestantes pretendem “gritar aos vereadores e ao prefeito em exercício a nossa indignação com a aprovação das alterações criminosas que foram feitas à LOUOS”, como aponta um dos textos que circulam na rede.

INCRA barrado de novo pela Marinha no quilombo rio do Macaco

18/01/2012

Do Blog da AATR

Antropólogos do Incra tentaram voltara à comunidade de Rio dos Macacos, mas continuaram sem conseguir iniciar os estudos que vão compor o Relatório Técnico de Identificação e Delimitação (RTID). A elaboração do documento é a primeira etapa do processo de demarcação do território tradicional e precisa ser concluído o mais rápido possível, já que, de acordo com a determinação judicial, os quilombolas têm, que deixar o local no dia 4 de março.

Continue lendo »

Filme Quilombo Rio do Macaco exibido na TV Brasil

18/01/2012

O filme Quilombo Rio do Macaco, que denuncia violência da Marinha contra agricultores da Baía de Aratu, foi exibido em versão compacta (3 min) no quadro Outro Olhar, do programa Repórter Brasil, da TV Brasil, ontem à noite. O jornal aproveitou o mote e atualizou informações sobre o conflito na área.

João sanciona Lous e compra briga com a cidade e a Justiça

18/01/2012

A manchete de hoje do jornal A Tarde  “João sanciona leis polêmicas e compra briga com o MP”, ou seja, com o Ministério Público é ótima para manter aceso o debate essencial para a cidade: a lei sancionada por JH é flagrantemente ilegal – assim entende a Justiça em decisão do Tribunal do dia 28 de dezembro – e imoral foi o comportamento dos vereadores que contrabandearam para a votação da Lei de Ordenamento e Uso do Solo (Lous) os artigos do projeto de lei PDDU dos Hotéis, cuja tramitação estava suspensa pela Justiça. Continue lendo »

Ação popular pede legalidade e moralidade na Câmara Municipal de Salvador

17/01/2012

Por Josias Pires

Configurar a ilegalidade e a imoralidade da tramitação do projeto que mudou a Lei de Ordenamento e Uso do Solo (LOUS) de Salvador, aprovada pela Câmara Municipal no dia 29 de dezembro passado, é o que pretende a Ação Popular movida pelos vereadores da Oposição que votaram contra a aprovação da lei – Aladilce Souza, Andréa Mendonça, Gilmar Santiago, Marta Rodrigues, Olívia Santana e Vânia Galvão – e por cerca de 30 lideranças de movimentos sociais.

A Ação Popular vem somar-se a Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público Estadual em 01 de dezembro de 2011. Esta tramita na 7a. Vara da Fazenda Pública, da juiza Lisbete Maria Teixeira, a mesma da que aceitou o argumento do Camarote de Ondina de que a manifestação visava derrubar o camarote; e intimou a jornalista Nádia Vladi a evitar a manifestação “Desocupa” sob pena de multas diárias de R$ 5 mil. Continue lendo »

Pelo fim dos camarotes em espaços públicos

16/01/2012

Por Josias Pires
O aspecto escandaloso da iniciativa do Camarote que ocupou a praça de Ondina é que é o tipo de política pública que tem que ser evitada. Os camarotes devem ser instalados em áreas privadas e deixarem de ocupar as áreas públicas. Continue lendo »

desocupa Salvador

16/01/2012

Por http://fabriciokc.wordpress.com/2012/01/15/desocupa-salvador/

Desocupa Salvador: É preciso continuar e fortalecer o movimento, obrigando aos invasores a Desocuparem os espaços que nos foram usurpados. E tais espaços, embora representados pela praça dos indignados, não se resumem a ela, mas abrange a retomada da Política, da Cidadania, da Liberdade de Expressão e da nossa responsabilidade. Continue lendo »

Nesta segunda, 14h, Ação Popular contra Lous no Fórum Ruy Barbosa

16/01/2012

Hoje (16) às 14h, no Fórum Ruy Barbosa (Campo da Pólvora) será ajuizada na Justiça uma Ação Popular visando o cancelamento da votação da Lei de Ordenamento e Uso do Solo (Lous). A ação será assinada pelos vereadores Gilmar Santiago (PT), Vânia Galvão (PT), Marta Rodrigues (PT), Aladilce Souza (PC do B), Olívia Santana (PC do B) e Andréa Mendonça (PV) e por dezenas de lideranças da sociedade civil.

A ação busca evitar que sejam consideradas válidas as emendas enxertadas na aprovação da  LOUS que promoveram várias alterações no Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU); no zoneamento de diversas áreas da cidade; ampliação do gabarito para a construção de novos prédios na Orla, que levará ao sombreamento de vários pontos da praia; a liberação do uso de Transcons na Orla; a extinção do Parque do Vale Encantado; alterações na composição do Conselho da Cidade e retirada do seu caráter deliberativo.

Sankofa Bar é o palco da Festa Afrobeat na sexta (20)

15/01/2012

Por Diana Lima

Criamos um coletivo de DJs, o Sistema Kalakuta. São DJs já conhecidos no cenário musicultural de Salvador (Sankofa, Riffs, Ed Bras e Dudoo Caribe) e o tema de nosso trabalho é a música africana, em especial o afrobeat. Vamos realizar um evento de laçamento no dia 20 (sexta) Continue lendo »

Desocupa: a cidade é nossa, Salvador está viva!

15/01/2012

 

 

A chuva fina também quis participar do Movimento Desocupa!, acionando o sentimento da primavera em pleno verão, em defesa do patrimônio público, da liberdade de manifestação e expressão, em favor da vida e da cidade. Artistas de várias áreas, estudantes, militantes a juventude e muitos indignados com a situação atual de Salvador compareceram ao ato na praça de Ondina ocupada pelo camarote. Foi um grito para dizer Desocupa, Salvador é nossa, Salvador está viva.

O sentimento de todos é que estamos apenas começando, como disse o jornalista Marcus Gusmão no facebook “Foi um momento muito potente para a gente iniciar a “primavera soteropolitana”, em pleno verão e com chuva! Porque muito mais coisas temos a fazer por nossa amada terra, além de evitar este abuso crescente e galopante de privatização do espaço público. Temos que tentar reverter urgente os termos do PDDU, e outras tramoias e estratégias usadas por várias esferas do poder! A verticalização da cidade, o sombreamento das praias, a destruição do restinho de Mata Atlântica, a sujeira, a lixaria nas ruas, o fedor de cocô e xixi nas vias públicas, a poluição sonora e por aí afora… Há muita pauta pra lutar! Vamos nessa!”.

Vamos nessa!

“Desocupa” é Primavera no Verão baiano!

13/01/2012

Por Josias Pires

O título acima é de Ana Dumas, uma das artistas do Movimento DESOCUPA!! em favor da praça de Ondina, ocupada por empresa de camarote desde o Carnaval do ano passado. Houve uma tentativa de golpe no movimento por parte da empresa e da juíza Lisbete Maria Teixeira Almeida Cézar Santos que expediu “mandado proibitório para interditar ao Movimento Desocupa, representado pela Sra. Nadja Vladi Gumes; compelir à Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município-SUCOM, vez que ciente do risco de turbação e esbulho” na praça a ser praticado, nbo entendimento da empresa e da juíza, como se os artistas e cidadãos que fossem se manifestar na praça estivessem indo fazer “baderna” (como se dizia) no local.

A intimação da juíza só fez despertar ainda mais o sentimento de cidadania de todos aqueles que tomaram conhecimento de tamanho absurdo. Como lembra Ana Dumas a manifestação é pacífica, artística, estão nos acusando de incitarmos o quebra-quebra (???) e a desordem!!!” bradou, explicando que ninguém está indo para lá para quebrar camarote, mas para eles saberem que não é possível continuar ocupando espaço público desta forma por tanto tempo!!!

E o poder judiciário cego na defesa do interesse econômico …

“Levem canções, ideias, discursos, passos de danças e tudo o que signifique declaração de amor por Salvador!!!! É PRIMAVERA NO VERÃO BAIANO!!!!!”, escreveu..

Outras notícias

http://www.bahianoticias.com.br/principal/noticia/109359-justica-proibe-manifestacao-contra-%C2%91privatizacao%C2%92-da-praca-de-ondina.html

http://www.politicalivre.com.br/2012/01/justica-proibe-manifestacao-em-ondina/

Matita Perê se apresenta dia 18 no Teatro Sesi

13/01/2012

O grupo baiano Matita Perê, encabeçado pelos compositores Borega e Luciano Aguiar, abre 2012 com um show especial no Teatro Sesi do Rio Vermelho, dia 18 de janeiro, às 20 horas. Com 13 anos de estrada, os parceiros seguem imprimindo originalidade nas próprias composições e nos arranjos feitos especialmente para clássicos da música popular brasileira.

Continue lendo »

Leão quer usar Salvador em seu próprio benefício

13/01/2012

Por Josias Pires

É sabido que grandes impérios de comunicação foram construídos à base de chantagem e extorsão. O Cidadão Kane de Orson Welles é a representação fílmica de um dos magnatas da mídia, Hearst, que fundou a imprensa amarela, sensacionalista, vezeira no assassinato de reputações e enriquecimento à base da venda de notícias e opiniões. Tal prática foi seguida de perto por Pulitzer, outro magnata da comunicação que foi imitado no Brasil por figuras do porte de Assis Chateubriand, que fez fortuna na base da chantagem e extorsão. Continue lendo »

Ação popular pedirá à Justiça anulação da Lous

11/01/2012

 

Na próxima segunda-feira (16), a partir das 14h, no Fórum Ruy Barbosa (Campo da Pólvora) será ajuizada na Justiça uma Ação Popular visando o cancelamento da votação da Lei de Ordenamento e Uso do Solo (Lous). A decisão foi tomada hoje (11) pela manhã, durante reunião dos vereadores Gilmar Santiago (PT), Vânia Galvão (PT), Marta Rodrigues (PT), Aladilce Souza (PC do B), Olívia Santana (PC do B) e Andréa Mendonça (PV) com diversas lideranças da sociedade civil. A reunião foi realizada no auditório do edifício Bahia Center e decidiu também que serão buscadas a realização de audiências com o procurador-geral de Justiça, Wellington César Lima e Silva e com o prefeito em exercício Edivaldo Brito, com o objetivo de impedir a sanção da lei aprovada pela Câmara em 29 de dezembro passado. Continue lendo »

Câmara de Salvador burla Justiça e aprova PDDU dos Hotéis

29/12/2011

Por Josias Pires

“Nas dez emendas à queima roupa apresentadas na votação de hoje, aos 45 minutos do segundo tempo (em torno das 15 hs), o que se viu foi uma burla à decisão judicial, que suspendeu através de liminar a tramitação do PDDU. Cabe ao Ministério Público suspender a votação da Lei de Ordenamento e Uso do Solo (LOUS) pois ela foi eivada de vícios”, escreveu hoje o vereador Gilmar Santiago na sua página no facebook.

Continue lendo »

Dossiê reúne impactos e violações de direitos no caminho dos megaeventos esportivos no Brasil

13/12/2011

Da Rede Nacional de Jornalistas Populares

Dossiê reúne impactos e violações de direitos no caminho para aos megaeventos esportivos no Brasil

Documento produzido coletivamente pelos Comitês Populares da Copa será entregue aos governos e às prefeituras das 12 cidades sede da Copa, além de órgãos municipais, estaduais, federais e internacionais.

Foi lançado ontem (12/12) simultaneamente nas 12 cidades-sede da Copa, o Dossiê da Articulação Nacional dos Comitês Populares da Copa – Megaeventos e Violações de Direitos Humanos no Brasil , documento que reúne casos de impactos e violações de direitos humanos nas obras e transformações urbanas empreendidas para a Copa do Mundo e as Olimpíadas no Brasil.

Continue lendo »

Adiada Audiência Pública na Ribeira para debater PDDU dos Hotéis

09/12/2011

Por Josias Pires

Uma farsa. Foi assim que as lideranças comunitárias da península itapagipana classificaram o arremedo de audiência pública, que seria realizada hoje (9) pela manhã, para debater o projeto de lei do PDDU dos Hotéis, encaminhado pelo desprefeito João Henrique à Câmara Municipal. Para se ter uma pálida ideia da falta de compromisso da atual gestão com a transparência e a democracia, o representante do poder executivo presente à audiência, que teria a incumbência de explicar o projeto  simplesmente informou que estava incapacitado para dar as devidas explicações.

Continue lendo »

Vídeo: Salvador Copa

06/12/2011

Uma equipe de vídeo resolveu fazer um passeio de uma hora por Salvador e obteve as cenas de uma cidade que está mergulhada no baixo astral.

Como lembram os realizadores, a bem da verdade, a realidade é muito pior do que pode ser visto no vídeo.

Segue também o  link de uma entrevista concedida à Revista Muito pela urbanista Ana Fernandes.
http://revistamuito.atarde.com.br/?p=7305&doing_wp_cron

Audiência pública do PDDU dos Hotéis questiona ausência de representantes da prefeitura

02/12/2011

Com a presença de dezesseis vereadores e nenhum representante da prefeitura e governo do estado e com o auditório do Centro Cultural da Câmara lotado foi realizada hoje (2) pela manhã a audiência pública da Comissão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente da Casa para debater o PDDU dos Hotéis. Nome dado ao projeto de lei enviado recentemente à Casa Legislativa pelo prefeito a fim de mudar o zoneamento da área da Fonte Nova e, simultaneamente aumentar em 50% o gabarito de hotéis construídos; e favorecer a construção de novos hotéis na Orla, inclusive liberando o uso de Transcons para as incorporações naquela região da cidade, medida até então proibida pela prefeitura face ao chamado escândalo das transcons. Continue lendo »

Megaeventos e cidadania: instrumentos jurídicos para o controle social

30/11/2011

A Faculdade de Arquitetura da UFBA sedia nesta 5a. feira (01) o debate organizado pelo Observatório da Copa Salvador 2014, com a colaboração da Comissão de Direitos Humanos da OAB-BA, sobre o tema “Megaventos e cidadania: instrumentos jurídicos para o controle social”.

Continue lendo »

A cidade no centro do debate

29/11/2011

Por Josias Pires

A falta de compromisso da prefeitura de Salvador com o debate público sobre os grandes projetos que estão sendo implantados na cidade indica precisamente uma certa pobreza política e cultural que domina certos atos da cena soteropolitana. A gestão da cidade há décadas é subsidiária do governo estadual. Por isto mesmo é também da responsabilidade do governo estadual a demora em chegar à Câmara do projeto do PDDU da Copa.

Continue lendo »

Mudanças do PDDU, da lei de uso do solo e o prefeito padrasto de Salvador

29/11/2011

Por Josias Pires

A mais nova iniciativa política do prefeito João Henrique é tentar aprovar, no afogadilho, às vésperas do Natal, a mais importante lei para o desenvolvimento do município, a Lei de Ordenamento do Uso do Solo (Lous) que deverá ser encaminhada para a Câmara Municipal ainda esta semana, quando mal começou o debate sobre o projeto de lei que muda o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) da área da Fonte Nova e libera gabarito para a construção de novos hotéis. Continue lendo »

A ONU em Salvador: Copa e Direitos Humanos

25/11/2011

Construir um Protocolo dos movimentos sociais com os poderes públicos, com proposições sobre o que se espera de legado da Copa e que deve ser encampado por todos. Este foi o principal desdobramento da audiência pública, realizada hoje (26) pela manhã com a urbanista Raquel Rolnik, consultora da ONU, que veio relatar as relatar as relações entre Copa e Direitos Humanos em Salvador. Participaram da audiência pública organizações sociais articuladas pelo Comitê Popular da Copa.

Continue lendo »

Copa 2014: Relatora da ONU vem a Salvador para audiência com organizações populares

24/11/2011
Copa do Mundo e Direitos Humanos: o silêncio que precede a exclusão! Focado nesta temática, o Comitê Popular da Copa 2014 na Bahia promoverá uma audiência pública que contará com a presença da urbanista Raquel Rolnik, relatora especial da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Direito à Moradia Adequada, na próxima sexta-feira, 25 de novembro, às 8h30, no auditório da Biblioteca Pública dos Barris, em Salvador. Entrada gratuita. Continue lendo »

Salvador debate mudança na lei de uso do solo

08/11/2011

Enquanto o céu cai em águas sobre os soteropolitanos a política municipal fervilha. Depois de longa espera, o prefeito JH sinaliza que enviará para a Câmara projeto que muda a lei de uso e ordenamento do solo de Salvador, talvez a mais importante das leis quando se trata de desenvolvimento ou caos urbano. Mestre em prestidigitações midiática, o prefeito veta projeto da Câmara que trata da política de cotas para negros em concursos públicos municipais e apresenta ele mesmo, no dia seguinte, projeto com o mesmo teor, incendiando o debate com os movimentos negros ao mesmo tempo que divide as atenções em relação ao projeto que beneficiará empresários que mais lucrarão com as próximas Copa e Olimpíadas.

Continue lendo »

Prefeito de Salvador veta reserva para negros em concursos

07/11/2011

João Henrique é um prefeito racista – a acusação foi feita hoje (7), na Câmara Municipal de Salvador, pelo vereador Gilmar Santiago (PT), autor do projeto de lei que recebeu aprovação unânime dos vereadores e foi vetada pelo prefeito. O veto foi também desclassificado pelo vereador neo-petista Alcindo Anunciação, tornando-se o assunto dominante na pauta da Câmara hoje.

Continue lendo »

Neste sábado na Bienal do Livro: Tem boa poesia na rede

29/10/2011

por Trazibulo Henrique Pardo Casas

A quem se deleita com arte, para quem gosta de poesia e aos estudiosos da literatura, os tambores estão ressoando, quem tiver ouvidos que ouça. A Uefs Editora e a Fundação Pedro Calmon publicam a edição fac-similar, em um único volume, das vinte edições da revista Hera, 1972-2005. Este volume, que é o primeiro da coleção Memória da Literatura Baiana, será lançado, com momento de autógrafos, na 10ª edição da Bienal do Livro da Bahia, Salvador, hoje, sábado (29), às 18h, no estande da Uefs Editora.

Continue lendo »

Democracia Socialista é a primeira tendência petista a apoiar pré-candidato Nelson Pelegrino

08/10/2011

A tendência petista Democracia Socialista (DS), liderada na Bahia pelo senador Walter Pinheiro, o ministro Afonso Florence, o secretário Robinson Almeida e o vereador Gilmar Santiago numa reunião com mais de duas centenas de militantes tornou-se a primeira tendência a manifestar apoio público ao candidato a prefeito de Salvador Nelson Pelegrino. Continue lendo »

Planejamento Urbano e Gestão Ambiental em Salvador

26/09/2011

Acontece nos próximos dias 28 e 29 de setembro, na Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia, o Seminário Planejamento Urbano e Gestão Ambiental em Salvador, promovido pelo Movimento Vozes de Salvador e pela Rede de Profissionais Solidários. Continue lendo »

Reflexão para o dia mundial sem carro

22/09/2011

Reinaldo Canto, Carta Capital 

Hoje, dia  22 de setembro, comemora-se o Dia Mundial Sem Carro. Ocasião que serve ou deveria servir para pensar e refletir sobre a crescente dependência de veículos de transporte individual.  Qual o futuro dessa opção? Quais os limites para o crescimento da indústria automobilística? Continue lendo »

O pedágio da concessão Lapa/Pirajá é o Elevador e os planos inclinados

16/09/2011

Por Josias Pires

RT “O pedágio da concessão da Lapa/Pirajá é o elevador e os planos” – a frase surgiu numa conversa do twitter entre @SitioChicoBruno: @Jonatas_Marinho @katiacarmelo @andreamendonca.

A frase é a chave para entender o jogo por trás da privatização do Elevador Lacerda. A conversa informa também que o anúncio da medida foi feita numa reportagem de TV supostamente facilitada por dois secretários. E que JH soube depois que o assunto foi anunciado. Intrigas palacianas, como se vê, ainda rolando no setor dos meios de transporte da cidade.

Continue lendo »

Canto da Praça: 9h30 às 12h30 deste domingo, no Largo de Nazaré

10/09/2011

.

Impressões Exteriores

Por: Maya Manzi*

Há quase sete anos, todos domingos, de 9h às 12h30, o Grupo Cultural Canto da Praça bate ponto em Nazaré, levando chorinho e outras alegrias a este tradicional bairro de Salvador.

Continue lendo »

Nicolelis e a sinfonia dos neurônios

06/07/2011

O próximo passo na trajetória do neurocientista Miguel Nicolelis será a construção da primeira prótese cortical, que visa restaurar a mobilidade de pessoas que sofrem as consequências da perda dos movimentos de membros superiores e inferiores. O projeto é do Grupo Internacional Andar de Novo, que reúne cientistas e universidades dos Estados Unidos, Alemanha, Brasil e Suiça. Continue lendo »